Ubatuba tem praia exclusiva e muita natureza - Foca na Folga
Hoje é sexta feira e é dia de focar na folga. Semanalmente mostramos um lugar diferente para você se inspirar e quem sabe ir conhecer pessoalmente.

Hoje a nossa folga é em Ubatuba, no litoral paulista, que conta com uma praia ‘exclusiva’ de acesso difícil em um verdadeiro caminho das pedras, mas para quem ter disposição para ir até lá, será recompensado com um lugar incrível.

Localizada a 220km da capital São Paulo, Ubatuba é perfeita para aqueles que podem se dar ao luxo de visita-la fora das altas temporadas, uma vez que as praias estão quase desertas nas épocas fora do calendário de férias.

Uma das melhores formas de se locomover pela cidade é, com toda certeza, de bike, já que a cidade é muito plana e, para todo lado que você olhar, terá uma vista incrível do mar e das praias que a cercam.

Falando em mar e esportes, as ondas de Ubatuba são um prato cheio, onde você pode praticar surf e outras modalidades parecidas nas belas ondas que se formam ali pertinho da praia.

Outra parada obrigatória é o Projeto Tamar, que faz um lindo trabalho de conscientização sobre a importância da tartaruga marinha, que costuma viver mais de cem anos. No projeto é possível encontrar exemplares de todas as cinco espécies que vivem no litoral brasileiro – todas ameaçadas de extinção por causa da poluição e da pesca predatória.

Animais marinhos ameaçados se recuperam no tanque do projeto.
Já mo Aquário de Ubatuba são feitos pesquisas e estudos dos animais marinhos. Lá vivem exemplares de mais de cem espécies de peixes. Na Lagoa de Contato é possível tocar em peixes, lagostas, ouriços e estrelas do mar que ali vivem e ter uma experiência incrível.

Outro passeio obrigatório em Ubatuba é o de barco, que leva o turista até a famosa Ilha de Anchieta. A ilha, por sua vez, abriga as ruínas de um antigo presídio que lá era localizado. O presídio da Ilha Anchieta começou a ser construído em 1902, após a desapropriação de cerca de 412 famílias de colonos e caiçaras que habitavam o local. Desativada em 1914, a instituição voltou ao funcionamento em meados da década de 1930, com o intuito de abrigar presos políticos da Era Vargas. 

Ruínas do presídio que já foi palco de diversas rebeliões.
Pouco tempo depois, a ilha, que se chamava, na época, Ilha dos Porcos, foi rebatizada como Ilha Anchieta em homenagem ao jesuíta. No ano de 1942, com aproximadamente 273 detentos, a Colônia Penal passa a ser denominada Instituto Correcional da Ilha Anchieta.
O presídio foi palco de uma grande rebelião em junho 1952. Na época o presídio abrigava cerca de 450 condenados. Hoje a região é cercada de mistérios e lendas.


Atualmente a ilha é um santuário, sendo um parque estadual, cercado de praias belíssimas, com direito a duchas naturais com águas vindas das montanhas, ideal para tirar o sal do corpo.
Falando em água da montanha, se o turista quiser sair um pouco do mar, opções não faltam: desde trilhas na Serra do Mar até cachoeiras de águas geladas. Ninguém pode reclamar de falta do que fazer, não!

E essa é a praia exclusiva de Ubatuba. Difícil acesso, mas muito gratificante.
 
Praia em local retirado de Ubatuba encanta os turistas.
 Informações adicionais: 
DDD: 12
Entrada no Projeto Tamar custa R$ 18,00 (inteira)/ R$ 9,00 (meia);
Maiores de 60 anos não pagam.
Entrada no Aquário de Ubatuba: R$ 28,00 (inteira)/ R$ 14,00 (meia).
Passeio Ilha Anchieta: R$ 13,00 por pessoa.


Ubatuba tem praia exclusiva e muita natureza


Por favor, reserve um segundo para curtir, isso nos ajuda muito! é só clicar no botão:


Hoje é sexta feira e é dia de focar na folga. Semanalmente mostramos um lugar diferente para você se inspirar e quem sabe ir conhecer pessoalmente.

Hoje a nossa folga é em Ubatuba, no litoral paulista, que conta com uma praia ‘exclusiva’ de acesso difícil em um verdadeiro caminho das pedras, mas para quem ter disposição para ir até lá, será recompensado com um lugar incrível.

Localizada a 220km da capital São Paulo, Ubatuba é perfeita para aqueles que podem se dar ao luxo de visita-la fora das altas temporadas, uma vez que as praias estão quase desertas nas épocas fora do calendário de férias.

Uma das melhores formas de se locomover pela cidade é, com toda certeza, de bike, já que a cidade é muito plana e, para todo lado que você olhar, terá uma vista incrível do mar e das praias que a cercam.

Falando em mar e esportes, as ondas de Ubatuba são um prato cheio, onde você pode praticar surf e outras modalidades parecidas nas belas ondas que se formam ali pertinho da praia.

Outra parada obrigatória é o Projeto Tamar, que faz um lindo trabalho de conscientização sobre a importância da tartaruga marinha, que costuma viver mais de cem anos. No projeto é possível encontrar exemplares de todas as cinco espécies que vivem no litoral brasileiro – todas ameaçadas de extinção por causa da poluição e da pesca predatória.

Animais marinhos ameaçados se recuperam no tanque do projeto.
Já mo Aquário de Ubatuba são feitos pesquisas e estudos dos animais marinhos. Lá vivem exemplares de mais de cem espécies de peixes. Na Lagoa de Contato é possível tocar em peixes, lagostas, ouriços e estrelas do mar que ali vivem e ter uma experiência incrível.

Outro passeio obrigatório em Ubatuba é o de barco, que leva o turista até a famosa Ilha de Anchieta. A ilha, por sua vez, abriga as ruínas de um antigo presídio que lá era localizado. O presídio da Ilha Anchieta começou a ser construído em 1902, após a desapropriação de cerca de 412 famílias de colonos e caiçaras que habitavam o local. Desativada em 1914, a instituição voltou ao funcionamento em meados da década de 1930, com o intuito de abrigar presos políticos da Era Vargas. 

Ruínas do presídio que já foi palco de diversas rebeliões.
Pouco tempo depois, a ilha, que se chamava, na época, Ilha dos Porcos, foi rebatizada como Ilha Anchieta em homenagem ao jesuíta. No ano de 1942, com aproximadamente 273 detentos, a Colônia Penal passa a ser denominada Instituto Correcional da Ilha Anchieta.
O presídio foi palco de uma grande rebelião em junho 1952. Na época o presídio abrigava cerca de 450 condenados. Hoje a região é cercada de mistérios e lendas.


Atualmente a ilha é um santuário, sendo um parque estadual, cercado de praias belíssimas, com direito a duchas naturais com águas vindas das montanhas, ideal para tirar o sal do corpo.
Falando em água da montanha, se o turista quiser sair um pouco do mar, opções não faltam: desde trilhas na Serra do Mar até cachoeiras de águas geladas. Ninguém pode reclamar de falta do que fazer, não!

E essa é a praia exclusiva de Ubatuba. Difícil acesso, mas muito gratificante.
 
Praia em local retirado de Ubatuba encanta os turistas.
 Informações adicionais: 
DDD: 12
Entrada no Projeto Tamar custa R$ 18,00 (inteira)/ R$ 9,00 (meia);
Maiores de 60 anos não pagam.
Entrada no Aquário de Ubatuba: R$ 28,00 (inteira)/ R$ 14,00 (meia).
Passeio Ilha Anchieta: R$ 13,00 por pessoa.


0 Comentários