Concurso premia as melhores fotografias da vida selvagem; veja as fotos - Foca na Folga

Publicidade

Últimas

Concurso premia as melhores fotografias da vida selvagem; veja as fotos

Tigresa abraçadora de árvores é imagem vencedora de concurso mundial de fotos de vida selvagem, o Wildlife Photographer of the Year

Com informações do Portal G1

A imagem "O Abraço" venceu o prêmio Wildlife Photographer of the Year (WPY, ou Fotógrafo de Vida Selvagem do Ano, em tradução livre). A tigresa parece abraçar a árvore, ao esfregar na casca para deixar seu cheiro e marcar território no Parque Nacional de Leopardos. Veja as imagens dos vencedores de cada categoria abaixo.


O Abraço, de Sergey Gorshkov, da Rússia — Foto: Sergey Gorshkov/Wildlife Photographer of the Year/BBC


Um Conto de Duas Vespas, de Frank Deschandol, da França
Um Conto de Duas Vespas, de Frank Deschandol, da França — Foto: Frank Deschandol/Wildlife Photographer of the Year/BBC

Foi preciso um sistema de captura extremamente rápido e sob medida para enquadrar e congelar essas duas vespas na Normandia, na França. Uma vespa-de-areia de cauda vermelha e uma vespa-cuco estão prestes a entrar em seus ninhos.


Vida em Equilíbrio, de Jaime Culebras, da Espanha
Vida em Equilíbrio, de Jaime Culebras, da Espanha — Foto: Jaime Culebras/Wildlife Photographer of the Year/BBC

Esse sapo-de-vidro comendo uma aranha é o vencedor da categoria Comportamento: Anfíbios e Répteis do WPY deste ano. Jaime fez seu registro na Reserva Manduriacu, no Equador, durante uma chuva torrencial.


A Raposa que Capturou o Ganso, de Liina Heikkinen, da Finlândia
A Raposa que Capturou o Ganso, de Liina Heikkinen, da Finlândia — Foto: Liina Heikkinen/Wildlife Photographer of the Year/BBC

A imagem de uma jovem raposa devorando um ganso rendeu à adolescente finlandesa Liina não apenas a vitória na categoria 15-17 anos, mas também o grande prêmio de fotógrafos juniores



Rio de Fogo do Etna, de Luciano Gaudenzio, da Itália
Rio de Fogo do Etna, de Luciano Gaudenzio, da Itália — Foto: Luciano Gaudenzio/Wildlife Photographer of the Year/BBC

O WPY não se resume a animais. Essa fotografia registrada no lado norte do vulcão mais ativo da Europa venceu na categoria Ambientes da Terra. Luciano Gaudenzio teve que lidar com calor e cheiro fortes para se aproximar de seu objeto.

Continua abaixo

A Pose, de Mogens Trolle, da Dinamarca
A Pose, de Mogens Trolle, da Dinamarca — Foto: Mogens Trolle/Wildlife Photographer of the Year/BBC

Um jovem macaco narigudo de perfil foi o vencedor da categoria Retrato Animal do WPY neste ano. A fotografia foi tirada no Santuário de Macacos Narigudos em Sabah, no Bornéo.

Quando a Mãe Fala para Correr, de Shanyuan Li, da China
Quando a Mãe Fala para Correr, de Shanyuan Li, da China — Foto: Shanyuan Li/Wildlife Photographer of the Year/BBC

Esses são jovens gatos-de-pallas, felinos também conhecidos como manuls, encontrados nas estepes remotas do planalto de Qinghai-Tibet, no noroeste da China. Shanyan Li registrou essa imagem dos animais brincalhões após seis anos monitorando e estudando os animais.

O Momento de Ouro, de Songda Cai, da China
O Momento de Ouro, de Songda Cai, da China — Foto: Songda Cai/Wildlife Photographer of the Year/BBC

Este foi o vencedor na categoria Sub-Aquática de 2020.

Songda Cai registrou esta pequena lula-diamante na fase de paralarva (o que significa que não é mais um filhote, mas tampouco um adulto), que tem cerca de 6 a 7 cm de comprimento. Para essa captura fotográfica, ele fez um mergulho noturno na costa de Anilao, nas Filipinas.

Continua abaixo