Dunas do Rosado e Ponta do Mel: onde o sertão encontra o mar - Foca na Folga
Localizados a 75 e 350 quilômetros de Mossoró e Natal, respectivamente, a região da Costa Branca, no extremo norte do litoral do Rio Grande do Norte é rica não só em belezas naturais, mas também em um povo acolhedor e caloroso, que têm o privilégio de morar onde muitos gostariam de passar as férias: na Ponta do Mel e nas Dunas do Rosado -- lugares que parecem pinturas artísticas.

 

E falando em artístico, a região das dunas já foi usada para produzir cenas em obras como as novelas ‘Flor do Caribe’ e ‘O Clone’, e para o filme ‘Maria, mãe do filho de Deus’.


As Dunas do Rosado se estendem por cerca de 20 km, sendo o segundo maior conjunto de dunas móveis do Brasil, perdendo apenas para os Lençóis Maranhenses; com a diferença de que, mesmo não tendo saído do papel, a APA (Área de Proteção Ambiental), já tem efeitos na região no que diz respeitos aos passeios de bugues, sendo permitido somente caminhadas pela areia.

Como chegar às Dunas: Localizada no topo do estado, entre o mar e o sertão, a região fica a 250 km de Natal e tem acesso pelas BR-101 até Igapó; BR-406, em direção a Macau, de onde se toma a RN-118 até a RN-404.


Já  a Ponta do Mel fica no município de Areia Branca, a dez quilômetros das Dunas. O pequeno vilarejo fica às margens da praia de mesmo nome, que tem mar calmo, limpo e com águas mornas. As dunas e falésias - paisagens típicas dessa região do Nordeste -, estão presentes na orla, mas ao contrário da maioria das praias da região, elas se misturam com uma paisagem árida. Essa região, aliás, é conhecida como "Costa Branca", pela grande quantidade de dunas. O verde fica por conta dos cactos. O turismo ainda é pouco explorado na região, onde sua população vive, em grande maioria, da pesca. Por isso não é muito comum encontrar pousadas e hotéis na região, mas, diferentemente das Dunas do Rosado, ali pode-se encontrar passeios com bugues e também a pé.


O jeito mais fácil de chegar até à praia é de carro, a partir de Natal para turistas que lá desembarcam, sendo aproximadamente quatro horas de viagem. Experimente procurar caronas em apps ou grupos, mas tenha cuidado! 

Umas das desvantagens de um lugar como este ainda ser pouco explorado pelo turismo é que, além de não encontrar muitas opções de hospedagem, você não encontrará também muitas opções de gastronomia, mas isso não quer dizer que você não vai comer bem, uma vez que o vilarejo sobrevive da pesca, não é muito difícil encontrar porções de frutos do mar dos mais variados e claro, sempre fresquinhos!

Além de atrações como as Dunas do Rosado e os passeios na Ponta do Mel, você também pode conhecer o Farol da Marinha, que foi construído em 1898 e fica no alto das falésias da região. Bem pertinho dali, basta seguir uma trilha para chegar até as três cruzes de madeira encravadas à beira da falésia, usadas na produção do filme "Maria: Mãe do Filho de Deus". 

E aí, já marcou a sua próxima viagem? conte para gente as suas experiências nos comentários! 

Dunas do Rosado e Ponta do Mel: onde o sertão encontra o mar



Por favor, reserve um segundo para curtir, isso nos ajuda muito! é só clicar no botão:

Localizados a 75 e 350 quilômetros de Mossoró e Natal, respectivamente, a região da Costa Branca, no extremo norte do litoral do Rio Grande do Norte é rica não só em belezas naturais, mas também em um povo acolhedor e caloroso, que têm o privilégio de morar onde muitos gostariam de passar as férias: na Ponta do Mel e nas Dunas do Rosado -- lugares que parecem pinturas artísticas.

 

E falando em artístico, a região das dunas já foi usada para produzir cenas em obras como as novelas ‘Flor do Caribe’ e ‘O Clone’, e para o filme ‘Maria, mãe do filho de Deus’.


As Dunas do Rosado se estendem por cerca de 20 km, sendo o segundo maior conjunto de dunas móveis do Brasil, perdendo apenas para os Lençóis Maranhenses; com a diferença de que, mesmo não tendo saído do papel, a APA (Área de Proteção Ambiental), já tem efeitos na região no que diz respeitos aos passeios de bugues, sendo permitido somente caminhadas pela areia.

Como chegar às Dunas: Localizada no topo do estado, entre o mar e o sertão, a região fica a 250 km de Natal e tem acesso pelas BR-101 até Igapó; BR-406, em direção a Macau, de onde se toma a RN-118 até a RN-404.


Já  a Ponta do Mel fica no município de Areia Branca, a dez quilômetros das Dunas. O pequeno vilarejo fica às margens da praia de mesmo nome, que tem mar calmo, limpo e com águas mornas. As dunas e falésias - paisagens típicas dessa região do Nordeste -, estão presentes na orla, mas ao contrário da maioria das praias da região, elas se misturam com uma paisagem árida. Essa região, aliás, é conhecida como "Costa Branca", pela grande quantidade de dunas. O verde fica por conta dos cactos. O turismo ainda é pouco explorado na região, onde sua população vive, em grande maioria, da pesca. Por isso não é muito comum encontrar pousadas e hotéis na região, mas, diferentemente das Dunas do Rosado, ali pode-se encontrar passeios com bugues e também a pé.


O jeito mais fácil de chegar até à praia é de carro, a partir de Natal para turistas que lá desembarcam, sendo aproximadamente quatro horas de viagem. Experimente procurar caronas em apps ou grupos, mas tenha cuidado! 

Umas das desvantagens de um lugar como este ainda ser pouco explorado pelo turismo é que, além de não encontrar muitas opções de hospedagem, você não encontrará também muitas opções de gastronomia, mas isso não quer dizer que você não vai comer bem, uma vez que o vilarejo sobrevive da pesca, não é muito difícil encontrar porções de frutos do mar dos mais variados e claro, sempre fresquinhos!

Além de atrações como as Dunas do Rosado e os passeios na Ponta do Mel, você também pode conhecer o Farol da Marinha, que foi construído em 1898 e fica no alto das falésias da região. Bem pertinho dali, basta seguir uma trilha para chegar até as três cruzes de madeira encravadas à beira da falésia, usadas na produção do filme "Maria: Mãe do Filho de Deus". 

E aí, já marcou a sua próxima viagem? conte para gente as suas experiências nos comentários! 
0 Comentários