Gramado Rio Grande do Sul: belezas e gastronomia - Foca na Folga
Quando o verão vai embora e o friozinho começa dar as caras no país tropical, um dos destinos mais procurados pelos turistas no país, com certeza é a linda cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul. Uma cidade tão incrível que parece um pedaço da Europa; ainda mais quando neva. Sim, às vezes cai neve lá!
A cidade é um contraste entre a natureza e a beleza das construções estilo europeu, reflexo da colonização de imigrantes portugueses que iniciou-se 1875, seguido por alemães e italianos, o que fez essa cidade ter uma aspecto diferenciado, atraindo turistas de todos os lugares e de todas as idades.


Uma das atrações da cidade é a Rua Coberta, que dispõe de lojas, restaurantes e também é cenário de apresentações e eventos. 


Porém, o que se destaca mesmo --principalmente perto da Páscoa-- é o chocolate. A fama dos chocolates da região é enorme, assim como a qualidade, que concorre lado a lado com famosas marcas internacionais. Basta uma caminhada rápida no centro da cidade para que você se depare com diversas lojas desse doce maravilhoso, onde nenhuma dieta resiste!


Existem diversas fábricas de chocolate na região, onde você pode visitá-las e sentir o cheirinho se espalhando pelo ar. A entrada normalmente é gratuita, pagando somente pelas barras e produtos que você decidir levar (não tem como sair sem levar algo, você não resiste!). Ah, a maioria destas fábricas, no final do passeio, permite que você coma barrinhas e amostras dos seus produtos! 


Gramado é, sem dúvida, uma cidade marcada por muitas belezas, com muita natureza, fazendo-a o principal cidade turística do estado do Rio Grande do Sul e também uma das principais do Brasil. A cidade destaca-se como centro de grandes eventos (congressos, seminários e encontros) além de sediar anualmente um dos mais tradicionais festivais de cinema da América Latina: o Festival Brasileiro e Latino de Cinema, durante o qual são distribuídos os prêmios Kikito. Outros eventos importantes e que atraem milhares de turistas são o festival natalino conhecido como Natal Luz e a Festa da Colônia, esta uma das festividades mais integradora dos grupos que colonizaram a região: açorianos, alemães e italianos.


Outro local que merece uma visita é o Museu Medieval, que fica em um castelo estilo medieval, que exibe brasões e armas medievais, também abriga o único Museu de Cutelaria do Brasil, exibindo facas, espadas, adagas etc., de todas as partes do mundo. 

O Lago Negro também é um cartão-postal de Gramado. Por toda a margem das águas profundas de cor verde escuro existe um passeio florido, tomado de hortênsias, a flor mais popular da cidade. Mas a maior atração fica por conta dos pedalinhos, em formato de cisne ou caravela. Um belo cenário para registrar o passeio em fotos. 



A gastronomia é algo igualmente incrível. A comida estilo italiano se destaca principalmente nas regiões mais rurais, lugares onde você também pode encontrar inúmeros produtos 
coloniais e passeios na natureza.



Dicas: Gramado é uma cidade pequena, mas apesar de as atrações serem perto umas das outras, é importante utilizar um carro, seja ele táxi, carro de aplicativo ou carona para dar conta de tudo. Mas claro, andar a pé é muito bom para ver todas as belezas com detalhes e também para a saúde. Por isso se programe.

Além disso, há um posto da Secretaria de Turismo de Gramado (na Av. das Hortênsias, 2029), onde é possível tirar todas as dúvidas e buscar folders com dicas para curtir a cidade. Planeje seu roteiro, mas deixe-se surpreender no passeio. Novas atrações podem surgir no caminho.



Não se esqueça das roupas de frio. As noites lá costumam ser geladas. Recomenda-se também levar um secador de cabelos para não sair no frio de cabeça molhada, rs.


É isso, pessoal. Espero que curtam a viagem quando forem e não se esqueçam de nos dizer como foi.

Boa viagem! 

Gramado Rio Grande do Sul: belezas e gastronomia



Ajude a continuarmos publicando. Curtir a nossa página nos incentiva muito! basta clicar aqui ou no botão:

Quando o verão vai embora e o friozinho começa dar as caras no país tropical, um dos destinos mais procurados pelos turistas no país, com certeza é a linda cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul. Uma cidade tão incrível que parece um pedaço da Europa; ainda mais quando neva. Sim, às vezes cai neve lá!
A cidade é um contraste entre a natureza e a beleza das construções estilo europeu, reflexo da colonização de imigrantes portugueses que iniciou-se 1875, seguido por alemães e italianos, o que fez essa cidade ter uma aspecto diferenciado, atraindo turistas de todos os lugares e de todas as idades.


Uma das atrações da cidade é a Rua Coberta, que dispõe de lojas, restaurantes e também é cenário de apresentações e eventos. 


Porém, o que se destaca mesmo --principalmente perto da Páscoa-- é o chocolate. A fama dos chocolates da região é enorme, assim como a qualidade, que concorre lado a lado com famosas marcas internacionais. Basta uma caminhada rápida no centro da cidade para que você se depare com diversas lojas desse doce maravilhoso, onde nenhuma dieta resiste!


Existem diversas fábricas de chocolate na região, onde você pode visitá-las e sentir o cheirinho se espalhando pelo ar. A entrada normalmente é gratuita, pagando somente pelas barras e produtos que você decidir levar (não tem como sair sem levar algo, você não resiste!). Ah, a maioria destas fábricas, no final do passeio, permite que você coma barrinhas e amostras dos seus produtos! 


Gramado é, sem dúvida, uma cidade marcada por muitas belezas, com muita natureza, fazendo-a o principal cidade turística do estado do Rio Grande do Sul e também uma das principais do Brasil. A cidade destaca-se como centro de grandes eventos (congressos, seminários e encontros) além de sediar anualmente um dos mais tradicionais festivais de cinema da América Latina: o Festival Brasileiro e Latino de Cinema, durante o qual são distribuídos os prêmios Kikito. Outros eventos importantes e que atraem milhares de turistas são o festival natalino conhecido como Natal Luz e a Festa da Colônia, esta uma das festividades mais integradora dos grupos que colonizaram a região: açorianos, alemães e italianos.


Outro local que merece uma visita é o Museu Medieval, que fica em um castelo estilo medieval, que exibe brasões e armas medievais, também abriga o único Museu de Cutelaria do Brasil, exibindo facas, espadas, adagas etc., de todas as partes do mundo. 

O Lago Negro também é um cartão-postal de Gramado. Por toda a margem das águas profundas de cor verde escuro existe um passeio florido, tomado de hortênsias, a flor mais popular da cidade. Mas a maior atração fica por conta dos pedalinhos, em formato de cisne ou caravela. Um belo cenário para registrar o passeio em fotos. 



A gastronomia é algo igualmente incrível. A comida estilo italiano se destaca principalmente nas regiões mais rurais, lugares onde você também pode encontrar inúmeros produtos 
coloniais e passeios na natureza.



Dicas: Gramado é uma cidade pequena, mas apesar de as atrações serem perto umas das outras, é importante utilizar um carro, seja ele táxi, carro de aplicativo ou carona para dar conta de tudo. Mas claro, andar a pé é muito bom para ver todas as belezas com detalhes e também para a saúde. Por isso se programe.

Além disso, há um posto da Secretaria de Turismo de Gramado (na Av. das Hortênsias, 2029), onde é possível tirar todas as dúvidas e buscar folders com dicas para curtir a cidade. Planeje seu roteiro, mas deixe-se surpreender no passeio. Novas atrações podem surgir no caminho.



Não se esqueça das roupas de frio. As noites lá costumam ser geladas. Recomenda-se também levar um secador de cabelos para não sair no frio de cabeça molhada, rs.


É isso, pessoal. Espero que curtam a viagem quando forem e não se esqueçam de nos dizer como foi.

Boa viagem! 
0 Comentários