Entre Rios (PR) tem cultura alemã e lindas paisagens - Foca na Folga

A nossa folga hoje é em Entre Rios, distrito de Guarapuava (PR) que está localizado a 300km de Curitiba.
Entre Rios está a mil e cem metros de altitude em relação ao nível do mar em um local com muitas elevações do terreno e serras com várias nascentes de rios, isso é um fator muito importante para que lá possa ser encontrado com facilidade diversas cachoeiras em toda a região, sendo um total de 35 quedas d’água no distrito.


Cachoeira do Rio Pinhãozinho. 

Boa parte dessas cachoeiras são de fácil acesso – podendo se chegar de carro ou a pé – e que oferecem opções de lazer e turismo, como piscinas naturais ou gramados para piqueniques.

Entre Rios foi colonizada na década de 50 com a chegada dos refugiados da Segunda Guerra Mundial, principalmente por descendentes alemães do leste europeu. No Museu Histórico de Entre Rios você pode viver um pouco do que os imigrantes experimentaram ao chegar aqui no Brasil. A entrada é grátis.


Outras opções de lazer no mais puro estilo europeu do distrito é experimentar a gastronomia local, que por sua vez traz o gostinho do passado que é herança de gerações.


A Colônia de Entre Rios tem quatorze mil habitantes, por lá ainda reina a tranquilidade do interior: as casas têm muros baixo – às vezes nem muros elas precisam ter –, não existem prédios por lá. E o que fazer em Entre Rios não falta: o movimento intenso começa durante as festas típicas, regadas a chope e muita carne assada na brasa.

Lá o que comanda a economia é o agronegócio, com imensas plantações de cevada que abastecem a maior fábrica de malte do país, localizada no distrito. Os turistas podem conhecer a fábrica e os processos de fabricação e, claro, experimentar as cervejas e o famoso prato alemão, o chucrute.

Entre Rios (PR) tem cultura alemã e lindas paisagens



Ajude a continuarmos publicando. Curtir a nossa página nos incentiva muito! basta clicar aqui ou no botão:


A nossa folga hoje é em Entre Rios, distrito de Guarapuava (PR) que está localizado a 300km de Curitiba.
Entre Rios está a mil e cem metros de altitude em relação ao nível do mar em um local com muitas elevações do terreno e serras com várias nascentes de rios, isso é um fator muito importante para que lá possa ser encontrado com facilidade diversas cachoeiras em toda a região, sendo um total de 35 quedas d’água no distrito.


Cachoeira do Rio Pinhãozinho. 

Boa parte dessas cachoeiras são de fácil acesso – podendo se chegar de carro ou a pé – e que oferecem opções de lazer e turismo, como piscinas naturais ou gramados para piqueniques.

Entre Rios foi colonizada na década de 50 com a chegada dos refugiados da Segunda Guerra Mundial, principalmente por descendentes alemães do leste europeu. No Museu Histórico de Entre Rios você pode viver um pouco do que os imigrantes experimentaram ao chegar aqui no Brasil. A entrada é grátis.


Outras opções de lazer no mais puro estilo europeu do distrito é experimentar a gastronomia local, que por sua vez traz o gostinho do passado que é herança de gerações.


A Colônia de Entre Rios tem quatorze mil habitantes, por lá ainda reina a tranquilidade do interior: as casas têm muros baixo – às vezes nem muros elas precisam ter –, não existem prédios por lá. E o que fazer em Entre Rios não falta: o movimento intenso começa durante as festas típicas, regadas a chope e muita carne assada na brasa.

Lá o que comanda a economia é o agronegócio, com imensas plantações de cevada que abastecem a maior fábrica de malte do país, localizada no distrito. Os turistas podem conhecer a fábrica e os processos de fabricação e, claro, experimentar as cervejas e o famoso prato alemão, o chucrute.

0 Comentários