Conheça outras igrejas históricas da França tão importantes como Notre-Dame - Foca na Folga

 
O incêndio na Catedral de Notre-Dame deixou, não só os franceses, mas o mundo todo em choque. A igreja era um dos pontos turísticos mais visitados do país, com um acervo enorme de relíquias guardadas lá, algumas, desde o início da construção do edifício de estilo Gótico, em 1160.

Além de tudo isso, muitos acontecimentos importantes da história ocorreram diretamente ligadas à história desta igreja, como a coroação de Napoleão Bonaparte em 1804, bem como diversos funerais de símbolos importantes de toda a história.

Uma triste ironia é pensar que a construção resistiu bravamente à Revolução Francesa, sofrendo alguns danos – mas nada tão grave – e, atualmente, com tanta tecnologia e regulamentações de segurança, nada pôde evitar que o fogo destruísse tudo. Depois do Museu Nacional, no Rio de Janeiro, que também foi destruído pelo fogo, a Catedral é mais um exemplo de que como todo cuidado é pouco – principalmente se tratando de construções que abrigam relíquias em seus interiores.

A importância de Notre-Dame também está em outras igrejas da França, como vamos conhecer na lista de hoje. Não deixe de conhece-las na sua próxima viagem.


Básilica de Sacre-Coeur

A Basílica do Sagrado Coração é um templo da Igreja Católica Romana em Paris, sendo, também, o símbolo do bairro de Monte Martre. A basílica está localizada no topo do monte Martre, o ponto mais alto da cidade. A basílica do Sagrado Coração foi construída com mármore travertino, o que lhe proporciona uma tonalidade branca.


Um dos monumentos mais visitados da França, a basílica tem o formato de cruz grega adornada por quatro cúpulas, incluindo a cúpula central de oitenta metros de altura. Na abside, uma torre serve de campanário a um sino de três metros de diâmetro e de mais de 26 toneladas.
A arquitetura da construção é inspirada na arquitetura romana e bizantina e influenciou outros edifícios religiosos do século XX.

Catedral de Notre-Dame de Amiens

A Catedral de Notre-Dame de Amiens foi uma catedral gótica francesa, edificada em Amiens. Começou a ser construída em 1220, inspirada nas catedrais de Notre-Dame de Chartres e de Paris.
Esta monumental catedral localiza-se em Amiens, a maior cidade da Picardia, no vale do Rio Somme, 100 km a norte de Paris.


É uma das maiores catedrais góticas da França, com o seu grande volume interior de aproximadamente 200 000 m³. As abóbadas de aresta da nave central medem 42,30 metros de altura, e são as maiores abóbadas de uma nave de todas as catedrais francesas cuja construção foi terminada, medidas passadas somente pela Catedral de Beauvais.
A catedral foi listada como Património Mundial da Unesco em 1981.


Catedral de Bourges

É uma catedral católica localizada na cidade de Bourges, na França. Considerada uma obra-prima de arquitetura gótica e sua fachada, de 40 metros da largura é a maior deste tipo. É dedicada a Santo Estêvão.


Catedral de Laon

A Catedral de Notre-Dame de Laon ou de Nossa Senhora de Lauduno é uma das mais importantes igrejas do gótico primitivo. 


Localiza-se em Laon, na França. Foi construída entre os séculos XII e XIII sobre um edifício românico que se havia perdido num incêndio. Foi uma das poucas estruturas religiosas que sobreviveu quase sem danos à Revolução Francesa.
Catedral de Estraburgo

A Catedral de Estrasburgo ou Catedral de Nossa Senhora de Estrasburgo, é uma catedral católica romana em Estrasburgo, França.


A construção foi terminada em 1439, tornando-se o mais alto edifício do mundo entre 1625 a 1874, e permaneceu como a maior igreja do mundo até 1880, quando foi ultrapassada pela Catedral de Colônia, na Alemanha. Hoje é a quarta maior igreja do mundo. Durante a década de 1520, a cidade abraçou as teses religiosas de Martinho Lutero, cujos adeptos estabeleceram uma universidade no século seguinte.

Catedral de Chartres

Também chamada de Notre-Dame de Chartres, é uma catedral católica de estilo gótico localizada na cidade de Chartres, noroeste da França. É elencada como um dos grandes exemplos da arquitetura gótica francesa ao lado das catedrais de Amiens e de Reims, e também notada por suas esculturas e vitrais.


Segundo a tradição católica, a Sancta Camisa, um manto que teria sido usado pela Virgem Maria, é custodiada na catedral. Peça esta que fora presenteada por Carlos, o Calvo, e que, inclusive, teria sido o motivo da construção da catedral, no século XII, após um incêndio que devastou a igreja românica que havia em seu lugar.

Capela Notre-Dame Du Haut

A Capela Notre-Dame-du-Haut é uma capela construída sobre a colina de Bourlémont, em Ronchamp, em Haute-Saône, França, pelo arquiteto franco-suíço Le Corbusier. Iniciada em 1950, foi concluída em 1955. A capela foi consagrada em 25 de junho de 1955 pelo arcebispo de Besançon.


Igreja Saint Michel D’Aiguille

Localizada em um monte a 85 metros de altura, a construção do século 10 é imponente e conta com uma subida de duzentos e sessenta e oito degraus até o topo.


Notre-Dame de La Garde

Notre-Dame de la Garde é uma basílica católica em Marselha, na França, e o símbolo mais conhecido da cidade. O local de uma popular peregrinação do Dia da Assunção, é o local mais visitado em Marselha. 


A construção fica de frente para o mar e o destaque é a estátua de Maria em ouro e bronze no topo da igreja, protetora dos navegantes
Catedral de Ruão

A Catedral de Notre-Dame de Rouen ou Catedral de Nossa Senhora de Ruão é uma catedral católica, em estilo gótico, situada em Ruão, na região da Normandia, no noroeste da França. 


É a sede da Arquidiocese de Ruão. Já foi um dos edifícios mais altos do mundo, entre 1876 e 1880, com 152 metros.

Curta nossa página para mais destinos incríveis todos os dias!

 

Conheça outras igrejas históricas da França tão importantes como Notre-Dame



Ajude a continuarmos publicando. Curtir a nossa página nos incentiva muito! basta clicar aqui ou no botão:


 
O incêndio na Catedral de Notre-Dame deixou, não só os franceses, mas o mundo todo em choque. A igreja era um dos pontos turísticos mais visitados do país, com um acervo enorme de relíquias guardadas lá, algumas, desde o início da construção do edifício de estilo Gótico, em 1160.

Além de tudo isso, muitos acontecimentos importantes da história ocorreram diretamente ligadas à história desta igreja, como a coroação de Napoleão Bonaparte em 1804, bem como diversos funerais de símbolos importantes de toda a história.

Uma triste ironia é pensar que a construção resistiu bravamente à Revolução Francesa, sofrendo alguns danos – mas nada tão grave – e, atualmente, com tanta tecnologia e regulamentações de segurança, nada pôde evitar que o fogo destruísse tudo. Depois do Museu Nacional, no Rio de Janeiro, que também foi destruído pelo fogo, a Catedral é mais um exemplo de que como todo cuidado é pouco – principalmente se tratando de construções que abrigam relíquias em seus interiores.

A importância de Notre-Dame também está em outras igrejas da França, como vamos conhecer na lista de hoje. Não deixe de conhece-las na sua próxima viagem.


Básilica de Sacre-Coeur

A Basílica do Sagrado Coração é um templo da Igreja Católica Romana em Paris, sendo, também, o símbolo do bairro de Monte Martre. A basílica está localizada no topo do monte Martre, o ponto mais alto da cidade. A basílica do Sagrado Coração foi construída com mármore travertino, o que lhe proporciona uma tonalidade branca.


Um dos monumentos mais visitados da França, a basílica tem o formato de cruz grega adornada por quatro cúpulas, incluindo a cúpula central de oitenta metros de altura. Na abside, uma torre serve de campanário a um sino de três metros de diâmetro e de mais de 26 toneladas.
A arquitetura da construção é inspirada na arquitetura romana e bizantina e influenciou outros edifícios religiosos do século XX.

Catedral de Notre-Dame de Amiens

A Catedral de Notre-Dame de Amiens foi uma catedral gótica francesa, edificada em Amiens. Começou a ser construída em 1220, inspirada nas catedrais de Notre-Dame de Chartres e de Paris.
Esta monumental catedral localiza-se em Amiens, a maior cidade da Picardia, no vale do Rio Somme, 100 km a norte de Paris.


É uma das maiores catedrais góticas da França, com o seu grande volume interior de aproximadamente 200 000 m³. As abóbadas de aresta da nave central medem 42,30 metros de altura, e são as maiores abóbadas de uma nave de todas as catedrais francesas cuja construção foi terminada, medidas passadas somente pela Catedral de Beauvais.
A catedral foi listada como Património Mundial da Unesco em 1981.


Catedral de Bourges

É uma catedral católica localizada na cidade de Bourges, na França. Considerada uma obra-prima de arquitetura gótica e sua fachada, de 40 metros da largura é a maior deste tipo. É dedicada a Santo Estêvão.


Catedral de Laon

A Catedral de Notre-Dame de Laon ou de Nossa Senhora de Lauduno é uma das mais importantes igrejas do gótico primitivo. 


Localiza-se em Laon, na França. Foi construída entre os séculos XII e XIII sobre um edifício românico que se havia perdido num incêndio. Foi uma das poucas estruturas religiosas que sobreviveu quase sem danos à Revolução Francesa.
Catedral de Estraburgo

A Catedral de Estrasburgo ou Catedral de Nossa Senhora de Estrasburgo, é uma catedral católica romana em Estrasburgo, França.


A construção foi terminada em 1439, tornando-se o mais alto edifício do mundo entre 1625 a 1874, e permaneceu como a maior igreja do mundo até 1880, quando foi ultrapassada pela Catedral de Colônia, na Alemanha. Hoje é a quarta maior igreja do mundo. Durante a década de 1520, a cidade abraçou as teses religiosas de Martinho Lutero, cujos adeptos estabeleceram uma universidade no século seguinte.

Catedral de Chartres

Também chamada de Notre-Dame de Chartres, é uma catedral católica de estilo gótico localizada na cidade de Chartres, noroeste da França. É elencada como um dos grandes exemplos da arquitetura gótica francesa ao lado das catedrais de Amiens e de Reims, e também notada por suas esculturas e vitrais.


Segundo a tradição católica, a Sancta Camisa, um manto que teria sido usado pela Virgem Maria, é custodiada na catedral. Peça esta que fora presenteada por Carlos, o Calvo, e que, inclusive, teria sido o motivo da construção da catedral, no século XII, após um incêndio que devastou a igreja românica que havia em seu lugar.

Capela Notre-Dame Du Haut

A Capela Notre-Dame-du-Haut é uma capela construída sobre a colina de Bourlémont, em Ronchamp, em Haute-Saône, França, pelo arquiteto franco-suíço Le Corbusier. Iniciada em 1950, foi concluída em 1955. A capela foi consagrada em 25 de junho de 1955 pelo arcebispo de Besançon.


Igreja Saint Michel D’Aiguille

Localizada em um monte a 85 metros de altura, a construção do século 10 é imponente e conta com uma subida de duzentos e sessenta e oito degraus até o topo.


Notre-Dame de La Garde

Notre-Dame de la Garde é uma basílica católica em Marselha, na França, e o símbolo mais conhecido da cidade. O local de uma popular peregrinação do Dia da Assunção, é o local mais visitado em Marselha. 


A construção fica de frente para o mar e o destaque é a estátua de Maria em ouro e bronze no topo da igreja, protetora dos navegantes
Catedral de Ruão

A Catedral de Notre-Dame de Rouen ou Catedral de Nossa Senhora de Ruão é uma catedral católica, em estilo gótico, situada em Ruão, na região da Normandia, no noroeste da França. 


É a sede da Arquidiocese de Ruão. Já foi um dos edifícios mais altos do mundo, entre 1876 e 1880, com 152 metros.

Curta nossa página para mais destinos incríveis todos os dias!

 
0 Comentários