O que é seguro viagem e por que é tão importante? - Foca na Folga


Funciona como um ‘plano de saúde temporário’ que te ampara em caso de imprevistos durante a sua viagem não somente com gastos médicos, mas também em caso de perdas de bagagens, acidentes em geral, cancelamento da viagem e até mesmo fiança.

O seguro é importante porque não sabemos o que pode acontecer durante a nossa trajetória. Acidentes e outros imprevistos acontecem e é bom ter com quem contar nessas horas – e dependendo de onde você estiver você não vai ter alguém para recorrer senão o seguro. 

É muito indicado também para quem costuma viajar com crianças, principalmente para países com línguas e costumes totalmente diferentes dos nossos. Melhor ficar esperto com a Lei de Murphy. Não sabe o que é isso? Clique aqui.

Vale lembrar que é importante contratar um seguro que cubra todos os dias da sua viagem, inclusive o dia da volta. Tenha certeza de que você estará seguro até entrar novamente em sua casa! 

Existem vários tipos de seguros que antes passam por requisitos, como a periculosidade da sua viagem, a sua idade, dentre outras coisas. 


Países onde os custos médicos são extremamente caros, como nos Estados Unidos, por exemplo, é essencial estar assegurado antes de ir para lá. Já nos países da Europa você não entra sem possuir seguro, então não dê mole para o azar.


Existem vários serviços que prestam este tipo de assistência. Normalmente a cotação tem um limite de gastos. Por exemplo: um seguro de dez dias para os EUA, por exemplo, custará (em uma simulação feita hoje) R$ 160 com cobertura médica de até trinta mil dólares. Obviamente os valores podem variar muito, então pesquise bastante.

Como contratar
Alguns cartões de crédito dão de presente o seguro para os seus clientes ou vendem o serviço por um preço muito mais acessível do que se fosse comprado à parte.
Importante
Antes de contratar um seguro, pesquise muito à respeito das empresas que oferecem o serviço e, ainda, consulte o SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) que é órgão regulador das seguradoras do nosso país. 


O que é seguro viagem e por que é tão importante?




Funciona como um ‘plano de saúde temporário’ que te ampara em caso de imprevistos durante a sua viagem não somente com gastos médicos, mas também em caso de perdas de bagagens, acidentes em geral, cancelamento da viagem e até mesmo fiança.

O seguro é importante porque não sabemos o que pode acontecer durante a nossa trajetória. Acidentes e outros imprevistos acontecem e é bom ter com quem contar nessas horas – e dependendo de onde você estiver você não vai ter alguém para recorrer senão o seguro. 

É muito indicado também para quem costuma viajar com crianças, principalmente para países com línguas e costumes totalmente diferentes dos nossos. Melhor ficar esperto com a Lei de Murphy. Não sabe o que é isso? Clique aqui.

Vale lembrar que é importante contratar um seguro que cubra todos os dias da sua viagem, inclusive o dia da volta. Tenha certeza de que você estará seguro até entrar novamente em sua casa! 

Existem vários tipos de seguros que antes passam por requisitos, como a periculosidade da sua viagem, a sua idade, dentre outras coisas. 


Países onde os custos médicos são extremamente caros, como nos Estados Unidos, por exemplo, é essencial estar assegurado antes de ir para lá. Já nos países da Europa você não entra sem possuir seguro, então não dê mole para o azar.


Existem vários serviços que prestam este tipo de assistência. Normalmente a cotação tem um limite de gastos. Por exemplo: um seguro de dez dias para os EUA, por exemplo, custará (em uma simulação feita hoje) R$ 160 com cobertura médica de até trinta mil dólares. Obviamente os valores podem variar muito, então pesquise bastante.

Como contratar
Alguns cartões de crédito dão de presente o seguro para os seus clientes ou vendem o serviço por um preço muito mais acessível do que se fosse comprado à parte.
Importante
Antes de contratar um seguro, pesquise muito à respeito das empresas que oferecem o serviço e, ainda, consulte o SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) que é órgão regulador das seguradoras do nosso país. 


0 Comentários