10 diferenças culturais entre brasileiros e americanos para não fazer feio lá fora - Foca na Folga


Sim, antes que falem: também somos americanos, eu sei. O título é somente para ilustrar a matéria, ok?!

Se você está lendo isto, provavelmente você também sonha em morar ou conhecer os Estados Unidos, comprar um iPhone XYZ, algumas roupas de marca e comer no Mc Donald’s (porque eles acham que a gente não tem isso por aqui), não é?
Mas você sabia que os Estado-unidenses (viu como “americanos” é mais fácil?!) possuem alguns hábitos culturais bem diferente dos nossos? Alguns costumes que temos por aqui – ou a falta deles – podem ser considerados por lá como falta de educação e até de higiene. Claro, não estamos criticando nenhum dos lados, para deixar bem claro, e sim, mais uma vez, é questão de cultura!

Veja algumas diferenças:

The Farofeiros
Aqui no Brasil estamos acostumados a descer para o litoral com o carro abarrotado de comidas prontas para comer na praia, especialmente a farofinha com frango, mas quem vai para as praias dos Estados Unidos ‘não pode’ comer na areia. Isso não é nenhuma regra, é questão de segurança! Você pode ser roubado... isso mesmo, roubado por gaivotas famintas que te atacarão sem dó nem piedade.


Elogios
Normalmente quando pensamos em Estados Unidos pensamos logo em fazer compras, pois lá as coisas são bem mais acessíveis. E assim que você comprar aquela roupa legal, aquele tênis da moda e usá-los pela primeira vez, muito provavelmente você será abordado por pessoas completamente desconhecidas, que não vão se apresentar nem te dar bom dia, apenas para elogiar a sua roupa nova... “like your shoes”. “Nice shirt”.

Almoço
A gente ama ter uma hora, até uma hora e meia de almoço na empresa que a gente trabalha. Já por lá eles comem rapidinho o que tiver disponível, pois eles não têm todo esse tempo que temos por aqui


Comer com as mãos
Aqui no Brasil temos o costume de comer em fastfoods utilizando guardanapos para segurar o hambúrguer, a coxinha, a pizza etc., mas lá nos EUA não importa onde eles estejam, eles vão comer tudo segurando com as mãos mesmo. Aqui a gente faz isso só em casa.


Pijamas
Você já deve ter visto na internet lá em 2012 fotos de pessoas fazendo compras no Wal Mart dos Estados Unidos totalmente à vontade, utilizando apenas o que aqui chamamos de pijama. Por lá é bem comum as pessoas não ligarem muito para como vão sair de casa para fazer estas coisas simples. Aqui a gente se veste como se fosse a um casamento, certo?!


Gorjetas
É uma obrigação cultural. Não existe uma lei para isso, mas é realmente uma falta de educação sair do restaurante e não deixar gorjeta para os garçons, é como se você tivesse odiado o serviço prestado. Também a maioria dos funcionários de restaurantes ganham pouco e as gorjetas são como se fosse o salário deles.


Não muito diferente daqui. A diferença mesmo é que aqui ninguém dá gorjeta se não tiver uma lei pra isso.
Por lá existem valores sugeridos em porcentagem para você dar de gorjeta, mas isso não é obrigatório, você dá o quanto quiser.

Excuse me
Nos EUA é muito comum pedir licença e desculpas o tempo todo, não que isso seja ruim, pelo contrário, mas eles são um pouquinho exagerados quanto a isso, então será muito comum alguém passar perto de você sem mesmo te tocar e te pedir desculpas por isso. Você não precisa chegar a este ponto, mas caso esbarre em alguém, peça desculpas para não parecer grosso. Isso vale para o Brasil também.

Calor humano
O costume deles é um pouco diferente daqui. Eles não são de abraçar as pessoas o tempo todo como a gente faz, muito menos beijar no rosto e muito menos ainda – aliás nunca – se a pessoa for uma desconhecida, como fazemos por aqui. Cuidado: por lá isso pode ser considerado assédio.


Dinheiro contado
Apesar das coisas por lá serem consideravelmente baratas, algumas vezes os valores podem te surpreender ao passar no caixa, pois alguns impostos são cobrados somente na hora em que você vai pagar pela mercadoria. Então não funcionaria sair com as moedas contadas igual a gente faz por aqui, exceto se for para comprar pão, pois a comida por lá não é taxada!


Papel higiênico
Talvez o maior mico de quem é do Brasil e vai para os Estados Unidos e alguns outros países! Anota aí: lá eles não jogam o papel higiênico usado no cestinho de lixo! Sim, eles têm um cesto, mas é para jogar materiais recicláveis, como embalagens plásticas, por exemplo. O papel usado eles jogam no vaso sanitário, pois o sistema de esgoto deles é bem eficiente e preparado para isso.


Quando alguém joga o papel no cesto de lixo eles acham muito estranho e anti-higiênico, dizem que você está colecionando cocô. Jogue no vaso, não vai entupir!

E então, as dicas foram úteis para você? Nos conte aqui nos comentários as suas experiências e seus desejos para com os EUA. Não se esqueça também de curtir a nossa página para mais dicas e curiosidades turísticas, basta clicar aqui.


10 diferenças culturais entre brasileiros e americanos para não fazer feio lá fora


Por favor, reserve um segundo para curtir, isso nos ajuda muito! é só clicar no botão:




Sim, antes que falem: também somos americanos, eu sei. O título é somente para ilustrar a matéria, ok?!

Se você está lendo isto, provavelmente você também sonha em morar ou conhecer os Estados Unidos, comprar um iPhone XYZ, algumas roupas de marca e comer no Mc Donald’s (porque eles acham que a gente não tem isso por aqui), não é?
Mas você sabia que os Estado-unidenses (viu como “americanos” é mais fácil?!) possuem alguns hábitos culturais bem diferente dos nossos? Alguns costumes que temos por aqui – ou a falta deles – podem ser considerados por lá como falta de educação e até de higiene. Claro, não estamos criticando nenhum dos lados, para deixar bem claro, e sim, mais uma vez, é questão de cultura!

Veja algumas diferenças:

The Farofeiros
Aqui no Brasil estamos acostumados a descer para o litoral com o carro abarrotado de comidas prontas para comer na praia, especialmente a farofinha com frango, mas quem vai para as praias dos Estados Unidos ‘não pode’ comer na areia. Isso não é nenhuma regra, é questão de segurança! Você pode ser roubado... isso mesmo, roubado por gaivotas famintas que te atacarão sem dó nem piedade.


Elogios
Normalmente quando pensamos em Estados Unidos pensamos logo em fazer compras, pois lá as coisas são bem mais acessíveis. E assim que você comprar aquela roupa legal, aquele tênis da moda e usá-los pela primeira vez, muito provavelmente você será abordado por pessoas completamente desconhecidas, que não vão se apresentar nem te dar bom dia, apenas para elogiar a sua roupa nova... “like your shoes”. “Nice shirt”.

Almoço
A gente ama ter uma hora, até uma hora e meia de almoço na empresa que a gente trabalha. Já por lá eles comem rapidinho o que tiver disponível, pois eles não têm todo esse tempo que temos por aqui


Comer com as mãos
Aqui no Brasil temos o costume de comer em fastfoods utilizando guardanapos para segurar o hambúrguer, a coxinha, a pizza etc., mas lá nos EUA não importa onde eles estejam, eles vão comer tudo segurando com as mãos mesmo. Aqui a gente faz isso só em casa.


Pijamas
Você já deve ter visto na internet lá em 2012 fotos de pessoas fazendo compras no Wal Mart dos Estados Unidos totalmente à vontade, utilizando apenas o que aqui chamamos de pijama. Por lá é bem comum as pessoas não ligarem muito para como vão sair de casa para fazer estas coisas simples. Aqui a gente se veste como se fosse a um casamento, certo?!


Gorjetas
É uma obrigação cultural. Não existe uma lei para isso, mas é realmente uma falta de educação sair do restaurante e não deixar gorjeta para os garçons, é como se você tivesse odiado o serviço prestado. Também a maioria dos funcionários de restaurantes ganham pouco e as gorjetas são como se fosse o salário deles.


Não muito diferente daqui. A diferença mesmo é que aqui ninguém dá gorjeta se não tiver uma lei pra isso.
Por lá existem valores sugeridos em porcentagem para você dar de gorjeta, mas isso não é obrigatório, você dá o quanto quiser.

Excuse me
Nos EUA é muito comum pedir licença e desculpas o tempo todo, não que isso seja ruim, pelo contrário, mas eles são um pouquinho exagerados quanto a isso, então será muito comum alguém passar perto de você sem mesmo te tocar e te pedir desculpas por isso. Você não precisa chegar a este ponto, mas caso esbarre em alguém, peça desculpas para não parecer grosso. Isso vale para o Brasil também.

Calor humano
O costume deles é um pouco diferente daqui. Eles não são de abraçar as pessoas o tempo todo como a gente faz, muito menos beijar no rosto e muito menos ainda – aliás nunca – se a pessoa for uma desconhecida, como fazemos por aqui. Cuidado: por lá isso pode ser considerado assédio.


Dinheiro contado
Apesar das coisas por lá serem consideravelmente baratas, algumas vezes os valores podem te surpreender ao passar no caixa, pois alguns impostos são cobrados somente na hora em que você vai pagar pela mercadoria. Então não funcionaria sair com as moedas contadas igual a gente faz por aqui, exceto se for para comprar pão, pois a comida por lá não é taxada!


Papel higiênico
Talvez o maior mico de quem é do Brasil e vai para os Estados Unidos e alguns outros países! Anota aí: lá eles não jogam o papel higiênico usado no cestinho de lixo! Sim, eles têm um cesto, mas é para jogar materiais recicláveis, como embalagens plásticas, por exemplo. O papel usado eles jogam no vaso sanitário, pois o sistema de esgoto deles é bem eficiente e preparado para isso.


Quando alguém joga o papel no cesto de lixo eles acham muito estranho e anti-higiênico, dizem que você está colecionando cocô. Jogue no vaso, não vai entupir!

E então, as dicas foram úteis para você? Nos conte aqui nos comentários as suas experiências e seus desejos para com os EUA. Não se esqueça também de curtir a nossa página para mais dicas e curiosidades turísticas, basta clicar aqui.


0 Comentários