O que fazer em Belém do Pará, os melhores pontos turísticos - Foca na Folga

Belém é a capital do estado do Pará, uma das cidades mais importantes do Norte do Brasil. Fundada em 1616 pelos portugueses, se desenvolveu nas margens da às margens da baía Guajará sendo atualmente uma cidade histórica e portuária. O município é, inclusive, considerado a cidade mais chuvosa do país devido ao clima equatorial influenciado, claro, pela Amazônia

Na área urbana, assim como em qualquer outra cidade populosa, encontramos diversos passeios turísticos para visitar. Muitos deles já bem conhecidos por todos e alguns ainda pouco explorado pelos turistas. que buscam o que fazer no Pará.

Veja agora uma lista com os melhores pontos turísticos de Belém:

Mercado Ver-o-Peso
Com ritmo agitado o dia todo, por lá você encontra desde bem cedinho tudo o que você pode precisar, desde frutas, verduras legumes, grãos, peixes, bebidas e um colorido de variedades que dá o charme ao local. 


Não se esqueça de almoçar o famoso peixe frito com açaí batido que você encontra por lá por um preço bem acessível.
Av. Blvd. Castilhos França (sem número) – Comércio.

Feira do Açaí
Dormir até mais tarde? Que nada! Antes do sol nascer, para ser exato à partir das 4h da manhã, o movimento no Porto de Belém já é grande devido as toneladas de açaí que chegam neste horário vindo em diversas embarcações. O fruto que move a economia local agora é moda até na gringa.
Lembrando: para aproveitar a feira, você precisa ir muito cedo, pois assim que amanhece, acaba. É uma boa dica para quem busca o que comprar no Pará, ou seja, algo extremamente típico de lá!

Tv. Marquês de Pombal, 44 - Campina, Belém.

Parque Zoobotânico Mangal das Garças
Nada melhor que um contato com a natureza para descansar e relaxar um pouco; ainda mais quando a natureza está livre para viver. O Mangal é mais um parque do que um zoo, pois é um pedacinho da Amazônia dentro da cidade. 


O local é repleto, obviamente, de garças, mas também guarás, iguanas e uma variedade de outros animais que já estão habituados com a presença dos humanos, além de diversas espécies de plantas.
O local conta também com um borboletário, um observatório e um aviário

R. Carneiro da Rocha (sem número) - Cidade Velha.

Estação das Docas
Um excelente local para finalizar o seu dia longo e receber a noite, se preparando para experimentar as comidas e temperos que esta cidade oferece com muito carinho.

Baía do Guajará
Lá é o local ideal para você se encantar com o dia nascendo. Chegue cedinho! Busque por lá passeios de barcos e trilhas para conhecer a natureza da Amazônia literalmente na pele. É uma experiência única.


Centro Histórico
O Centro Histórico abriga o Forte do Castelo do Senhor Santo Cristo do Presépio de Belém, mais conhecido como Forte do Castelo ou Forte do Presépio, sendo essa a primeira construção da cidade de Belém, onde era utilizada para fins militares como proteção da região;


A Casa das Onze Janelas, um Museu de Arte Moderna e Contemporânea; e
A Catedral Metropolitana de Belém, ou Catedral da Sé, uma construção em estilo neoclássico e barroco

Basílica de Nossa Senhora de Nazaré
Patrimônio histórico do estado do Pará, a centenária Basílica é um dos mais famosos templos católicos do país. É para lá que segue a procissão do Círio de Nazaré todos os anos, no segundo domingo de outubro.


Estando em Belém domingo ou qualquer outro dia, visitar a Basílica é uma boa opção para quem busca tranquilidade.

Av. Nossa Senhora de Nazaré, 1300 – Nazaré.


Theatro da Paz
O Theatro da Paz foi fundado em 15 de fevereiro de 1878, durante o período áureo do Ciclo da Borracha, quando ocorreu um grande crescimento econômico na região amazônica. Foi a primeira casa de espetáculos construída na Amazônia, com 1.100 lugares, sendo atualmente o maior Teatro da Região Norte.


CULINÁRIA PARAENSE

Vale experimentar:

- Os pratos típicos do Pará, como o tacacá, a maniçoba, o filhote e o açaí tradicional servido com peixe, camarão ou carne seca.
- Sucos e sorvetes de frutas como cupuaçu, bacuri e muruci.
- O cachorro quente vendido nos carrinhos espalhados nas esquinas. Ao contrário da maior parte do país, o "dogão" de Belém não é feito com salsicha: no pão vai carne moída temperada, maionese de repolho e batata palha.

- A cachaça de jambu, que deixa a boca amortecida.
- As vitaminas batidas com guaraná da Amazônia.
 - E claro: o Açaí como sobremesa!

O que fazer em Belém do Pará, os melhores pontos turísticos



Belém é a capital do estado do Pará, uma das cidades mais importantes do Norte do Brasil. Fundada em 1616 pelos portugueses, se desenvolveu nas margens da às margens da baía Guajará sendo atualmente uma cidade histórica e portuária. O município é, inclusive, considerado a cidade mais chuvosa do país devido ao clima equatorial influenciado, claro, pela Amazônia

Na área urbana, assim como em qualquer outra cidade populosa, encontramos diversos passeios turísticos para visitar. Muitos deles já bem conhecidos por todos e alguns ainda pouco explorado pelos turistas. que buscam o que fazer no Pará.

Veja agora uma lista com os melhores pontos turísticos de Belém:

Mercado Ver-o-Peso
Com ritmo agitado o dia todo, por lá você encontra desde bem cedinho tudo o que você pode precisar, desde frutas, verduras legumes, grãos, peixes, bebidas e um colorido de variedades que dá o charme ao local. 


Não se esqueça de almoçar o famoso peixe frito com açaí batido que você encontra por lá por um preço bem acessível.
Av. Blvd. Castilhos França (sem número) – Comércio.

Feira do Açaí
Dormir até mais tarde? Que nada! Antes do sol nascer, para ser exato à partir das 4h da manhã, o movimento no Porto de Belém já é grande devido as toneladas de açaí que chegam neste horário vindo em diversas embarcações. O fruto que move a economia local agora é moda até na gringa.
Lembrando: para aproveitar a feira, você precisa ir muito cedo, pois assim que amanhece, acaba. É uma boa dica para quem busca o que comprar no Pará, ou seja, algo extremamente típico de lá!

Tv. Marquês de Pombal, 44 - Campina, Belém.

Parque Zoobotânico Mangal das Garças
Nada melhor que um contato com a natureza para descansar e relaxar um pouco; ainda mais quando a natureza está livre para viver. O Mangal é mais um parque do que um zoo, pois é um pedacinho da Amazônia dentro da cidade. 


O local é repleto, obviamente, de garças, mas também guarás, iguanas e uma variedade de outros animais que já estão habituados com a presença dos humanos, além de diversas espécies de plantas.
O local conta também com um borboletário, um observatório e um aviário

R. Carneiro da Rocha (sem número) - Cidade Velha.

Estação das Docas
Um excelente local para finalizar o seu dia longo e receber a noite, se preparando para experimentar as comidas e temperos que esta cidade oferece com muito carinho.

Baía do Guajará
Lá é o local ideal para você se encantar com o dia nascendo. Chegue cedinho! Busque por lá passeios de barcos e trilhas para conhecer a natureza da Amazônia literalmente na pele. É uma experiência única.


Centro Histórico
O Centro Histórico abriga o Forte do Castelo do Senhor Santo Cristo do Presépio de Belém, mais conhecido como Forte do Castelo ou Forte do Presépio, sendo essa a primeira construção da cidade de Belém, onde era utilizada para fins militares como proteção da região;


A Casa das Onze Janelas, um Museu de Arte Moderna e Contemporânea; e
A Catedral Metropolitana de Belém, ou Catedral da Sé, uma construção em estilo neoclássico e barroco

Basílica de Nossa Senhora de Nazaré
Patrimônio histórico do estado do Pará, a centenária Basílica é um dos mais famosos templos católicos do país. É para lá que segue a procissão do Círio de Nazaré todos os anos, no segundo domingo de outubro.


Estando em Belém domingo ou qualquer outro dia, visitar a Basílica é uma boa opção para quem busca tranquilidade.

Av. Nossa Senhora de Nazaré, 1300 – Nazaré.


Theatro da Paz
O Theatro da Paz foi fundado em 15 de fevereiro de 1878, durante o período áureo do Ciclo da Borracha, quando ocorreu um grande crescimento econômico na região amazônica. Foi a primeira casa de espetáculos construída na Amazônia, com 1.100 lugares, sendo atualmente o maior Teatro da Região Norte.


CULINÁRIA PARAENSE

Vale experimentar:

- Os pratos típicos do Pará, como o tacacá, a maniçoba, o filhote e o açaí tradicional servido com peixe, camarão ou carne seca.
- Sucos e sorvetes de frutas como cupuaçu, bacuri e muruci.
- O cachorro quente vendido nos carrinhos espalhados nas esquinas. Ao contrário da maior parte do país, o "dogão" de Belém não é feito com salsicha: no pão vai carne moída temperada, maionese de repolho e batata palha.

- A cachaça de jambu, que deixa a boca amortecida.
- As vitaminas batidas com guaraná da Amazônia.
 - E claro: o Açaí como sobremesa!

0 Comentários