O que fazer em Goiânia: Os melhores pontos turísticos - Foca na Folga


Com belos parques e praças, Goiânia é uma cidade planejada que agrada a todos que buscam turismo na capital de Goiás. Suas ruas e avenidas arborizadas melhoram a qualidade de vida de quem mora lá ou passa alguns dias. Certamente você vai se encantar com esse lugar. 

Veja as dicas dos melhores pontos turísticos de Goiânia: 

Lago das Rosas
Sendo esse o parque mais antigo de Goiânia é também um dos pontos turísticos mais buscados pelos moradores e turistas que querem passar um tempo tranquilo com os filhos.
O lugar ainda com um zoológico — que tem entrada a partir do Parque Lago das Rosas —, yoga e da biblioteca, ideal para quem busca lazer e diversão.


Alameda das Rosas, 957 - St. Oeste.

Parque Flamboyant
O Parque Municipal Flamboyant Lourival Louza possui dois lagos (com fonte luminosa), ponte de madeira, mirante, parque infantil, ciclovia, pista de cooper, estação de ginástica e diversos caminhos internos. Abriga remanescentes de veredas, com buritis e outras árvores nativas do cerrado. O parque tem livre acesso durante o dia e à noite, excelente para fazer aquela caminhada em meio à natureza.


Alameda das Rosas, 957 - St. Oeste.

Parque Vaca Brava
Com uma área de quase 80 mil metros quadrados, o Parque Sulivan Silvestre, mais conhecido como Parque Vaca Brava, conta com um extenso lago e um pequeno bosque com espécie nativa de fauna e flora. Ainda você pode desfrutar de uma pista de cooper e aproveitar as lojas, bares e restaurantes que ficam ali por perto, inclusive no final de semana.


Avenida T-10 (sem número) - St. Bueno.

Museu Zoroastro Artiaga
O Museu Estadual Professor Zoroastro Artiaga foi fundado em 1946 com acervo formado por documentos históricos, utensílios antigos, objetos relacionados aos índios do Brasil Central e peças artísticas.


O lugar também é bom para quem foi pego de surpresa e busca um atrativo para visitar na cidade com chuva.
A entrada é gratuita.
Praça Dr. Pedro Ludovico Teixeira, 13 - St. Central.

Estádio Olímpico Pedro Ludovico
O Estádio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira, mais conhecido como Estádio Olímpico é para aqueles que amam o futebol e procuram alguma coisa para fazer à noite com a família ou amigos.



Rua 74, 41 - St. Central.

Praça do Sol
Localizada no Setor Oeste, a Praça do Sol é uma das mais importantes da região, conhecida também por abrigar durante todos os domingos a Feira do Sol, homenageando o local. Lá você vai encontrar o famoso letreiro escrito “Eu Goiânia”, que você já deve ter visto por aí em diversas fotografias. É o destino perfeito para quem busca um passeio mais barato.


Rua 9 (sem número) - St. Oeste.

Memorial do Cerrado
Eleito em 2008 como o local mais bonito de Goiânia, o Memorial do Cerrado — complexo científico que funciona no Campus II da PUC Goiás — é um projeto do Instituto do Trópico Subúmido que representa as diversas formas de ocupação do bioma e os modelos de relacionamento com a natureza e a sociedade. É um museu que retrata desde a origem do planeta Terra à chegada dos portugueses ao Brasil.


Avenida Engler (sem número) - Jardim Mariliza.


Centro Cultural Oscar Niemeyer
Projetado por OscarNiemeyer e batizado com o nome do mesmo, o Centro Cultural Oscar Niemeyer (CCON) conta com quatro edifícios que abrigam a biblioteca, o Museu de Arte Contemporânea (MAC), o Palácio da Música e o Monumento aos Direitos Humanos completando no total cerca de 17 mil metros quadrados de área construída.


Avenida Deputado Jamel Cecílio, Lote 01, Quadra Gleba, Alameda Fazenda Gameleira, 4490.

Jardim Botânico
O Jardim Botânico de Goiânia é a maior área verde da cidade. Fundado em 1978, o parque abriga um remanescente de área fechada de mata com espécies nativas do cerrado e animais silvestres. Possui lago e pista de caminhada, tendo acesso livre durante o dia e a noite. 

Avenida Botafogo, 2981-3105 - St. Pedro Ludovico. 

Faltou alguma coisa? Conta pra gente que nós atualizamos! 
 

O que fazer em Goiânia: Os melhores pontos turísticos



Ajude a continuarmos publicando. Curtir a nossa página nos incentiva muito! basta clicar aqui ou no botão:



Com belos parques e praças, Goiânia é uma cidade planejada que agrada a todos que buscam turismo na capital de Goiás. Suas ruas e avenidas arborizadas melhoram a qualidade de vida de quem mora lá ou passa alguns dias. Certamente você vai se encantar com esse lugar. 

Veja as dicas dos melhores pontos turísticos de Goiânia: 

Lago das Rosas
Sendo esse o parque mais antigo de Goiânia é também um dos pontos turísticos mais buscados pelos moradores e turistas que querem passar um tempo tranquilo com os filhos.
O lugar ainda com um zoológico — que tem entrada a partir do Parque Lago das Rosas —, yoga e da biblioteca, ideal para quem busca lazer e diversão.


Alameda das Rosas, 957 - St. Oeste.

Parque Flamboyant
O Parque Municipal Flamboyant Lourival Louza possui dois lagos (com fonte luminosa), ponte de madeira, mirante, parque infantil, ciclovia, pista de cooper, estação de ginástica e diversos caminhos internos. Abriga remanescentes de veredas, com buritis e outras árvores nativas do cerrado. O parque tem livre acesso durante o dia e à noite, excelente para fazer aquela caminhada em meio à natureza.


Alameda das Rosas, 957 - St. Oeste.

Parque Vaca Brava
Com uma área de quase 80 mil metros quadrados, o Parque Sulivan Silvestre, mais conhecido como Parque Vaca Brava, conta com um extenso lago e um pequeno bosque com espécie nativa de fauna e flora. Ainda você pode desfrutar de uma pista de cooper e aproveitar as lojas, bares e restaurantes que ficam ali por perto, inclusive no final de semana.


Avenida T-10 (sem número) - St. Bueno.

Museu Zoroastro Artiaga
O Museu Estadual Professor Zoroastro Artiaga foi fundado em 1946 com acervo formado por documentos históricos, utensílios antigos, objetos relacionados aos índios do Brasil Central e peças artísticas.


O lugar também é bom para quem foi pego de surpresa e busca um atrativo para visitar na cidade com chuva.
A entrada é gratuita.
Praça Dr. Pedro Ludovico Teixeira, 13 - St. Central.

Estádio Olímpico Pedro Ludovico
O Estádio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira, mais conhecido como Estádio Olímpico é para aqueles que amam o futebol e procuram alguma coisa para fazer à noite com a família ou amigos.



Rua 74, 41 - St. Central.

Praça do Sol
Localizada no Setor Oeste, a Praça do Sol é uma das mais importantes da região, conhecida também por abrigar durante todos os domingos a Feira do Sol, homenageando o local. Lá você vai encontrar o famoso letreiro escrito “Eu Goiânia”, que você já deve ter visto por aí em diversas fotografias. É o destino perfeito para quem busca um passeio mais barato.


Rua 9 (sem número) - St. Oeste.

Memorial do Cerrado
Eleito em 2008 como o local mais bonito de Goiânia, o Memorial do Cerrado — complexo científico que funciona no Campus II da PUC Goiás — é um projeto do Instituto do Trópico Subúmido que representa as diversas formas de ocupação do bioma e os modelos de relacionamento com a natureza e a sociedade. É um museu que retrata desde a origem do planeta Terra à chegada dos portugueses ao Brasil.


Avenida Engler (sem número) - Jardim Mariliza.


Centro Cultural Oscar Niemeyer
Projetado por OscarNiemeyer e batizado com o nome do mesmo, o Centro Cultural Oscar Niemeyer (CCON) conta com quatro edifícios que abrigam a biblioteca, o Museu de Arte Contemporânea (MAC), o Palácio da Música e o Monumento aos Direitos Humanos completando no total cerca de 17 mil metros quadrados de área construída.


Avenida Deputado Jamel Cecílio, Lote 01, Quadra Gleba, Alameda Fazenda Gameleira, 4490.

Jardim Botânico
O Jardim Botânico de Goiânia é a maior área verde da cidade. Fundado em 1978, o parque abriga um remanescente de área fechada de mata com espécies nativas do cerrado e animais silvestres. Possui lago e pista de caminhada, tendo acesso livre durante o dia e a noite. 

Avenida Botafogo, 2981-3105 - St. Pedro Ludovico. 

Faltou alguma coisa? Conta pra gente que nós atualizamos! 
 
0 Comentários