Conheça o Salto Barão do Rio Branco, em Prudentópolis (PR)


Com 64 metros de altura, sua queda d’água e sua beleza impressiona os turistas

O Salto Barão do Rio Branco está localizado no Rio dos Patos, a aproximadamente 15 quilômetros do centro da cidade de Prudentópolis, a “terra das cachoeiras gigantes”.
Localizada em uma propriedade particular de uma pequena usina hidrelétrica, mas com acesso livre aos visitantes, a queda d’água tem 64 metros de altura em um cânion tão impressionante quanto à cachoeira.

O que fazer por lá
A cachoeira pode ser acessada tanto por cima, quanto por baixo. Chegando ao local, você encontrará, após poucos degraus, um mirante com vista para a queda d’água. Se você tiver fôlego, basta descer os 433 degraus em uma escada de metal que passa ao lado da tubulação de água que é utilizada pela usina hidrelétrica e se impressionar com o Salto Barão do Rio Branco e toda a sua imponência em meio as pedras pontudas do local.
É preciso força e coragem para vencer os mais de 400 degraus. Foto: Foca na Folga

Estima-se que a piscina natural formada abaixo da queda tenha por volta de 40 metros de profundidade, sendo indicado através de placas e avisos aos banhistas e aventureiros a não se arriscarem no local, pois várias mortes já foram registradas por lá.

Veja mais fotos do Salto Barão do Rio Branco:



Caminho de pedras até à piscina natural é sinuoso, mas compensa. Foto: Foca na Folga
As belezas naturais que rodeiam o local impressionam. Foto: Foca na Folga
Assista ao vídeo que mostra um pouco mais do Salto Barão do Rio Branco

Como chegar
A cachoeira fica a aproximadamente 15km da cidade de Prudentópolis, sendo 8km pela rodovia BR-373 no sentido Ponta Grossa e mais 5km em uma estrada de terra. Mas não se preocupe, a estrada secundária é bem sinalizada, indicando onde o salto fica. Veja no mapa abaixo como chegar até o Salto Barão do Rio Branco:




Acesso pela BR-373 sentido Ponta Grossa. Aguarde no acostamento à direita, mas pegue à esquerda para chegar ao Salto Barão do Rio Branco. Foto: Google Maps.

👉 Acompanhe o Foca na Folga no Facebook
Tags: manduri, são francisco, são joão, sebastião, sete, monumento, recanto perehouski