Famoso ponto turístico proibiu a venda e uso de protetor solar - Foca na Folga

Publicidade

Últimas

Famoso ponto turístico proibiu a venda e uso de protetor solar


Lei entrou em vigor no começo deste ano e a multa para quem desrespeitar é ‘salgada’.

Com mais de 500 ilhas, o arquipélago de Palau, no Pacífico, proibiu desde o começo de 2020 o uso e a venda de protetores solares de qualquer tipo em todo o seu território. A medida foi tomada por causa da preocupação com os componentes que fazem parte dos protetores solares, como por exemplo a oxibenzona, que são perigosos para a vida marinha. A multa para quem for pego desrespeitando a proibição é de mil dólares.


O país tem uma população de cerca de 20.000 habitantes espalhados por centenas de ilhas e é um Patrimônio Mundial da Unesco. A proibição barra protetores solares que contenham 10 ingredientes, entre oxibenzona, octinoxato, entre outros, os quais servem para absorver a luz ultravioleta.



👉 Acompanhe o Foca na Folga no Facebook