Conheça a cômica história do menor país do mundo - Foca na Folga

Publicidade

Últimas

Conheça a cômica história do menor país do mundo

Sealand já foi invadida, mas o invasor virou refém; o país também realiza atividades esportivas como arremesso de ovos. Veja fotos históricas

Sealand, no Mar do Norte, a 10km da costa da Inglaterra


Em 1965, Roy Bates, um major do exército inglês, invadiu um antigo forte britânico no oceano e foi morar lá com sua família. Após o governo estender as fronteiras do que era considerado águas internacionais, Bates precisou encontrar outro local para chamar de seu; foi então que ele encontrou as Rough Towers, um outro forte em águas até hoje internacionais, localizado a 10 km da costa do Reino Unido.

Continua abaixo

Príncipe Roy e Princesa Joan, a Família Real de Sealand

Já em 1967, Roy Bates se auto declarou príncipe do local, dando o nome do forte de Principado de Sealand. Com seus 4.000m², é o menor país do mundo. Por lá ele criou uma moeda própria, uma constituição, além de bandeira, brasão e armas.

Brasão Oficial de Sealand


Curiosidades sobre o país


Tentativa de invasão
Em 1978, um empresário alemão, Alexander Achenbach, se autoproclamou Primeiro Ministro de Sealand enquanto Roy Bates não estava presente. O invasor usou “soldados” alemães e holandeses, chegando com helicópteros, barcos e jet skis. Alexander fez o filho de Roy Bates, Michael Bates, como refém. Contudo, Michael tinha armas escondidas por todo o país (literalmente) e reverteu a situação, fazendo o invasor virar o refém da vez. O empresário foi condenado por traição contra Sealand (ele possuía passaporte do país) e só seria liberto mediante pagamento de 75 mil Marcos Alemães, aproximadamente 23 mil libras esterlinas na época. A confusão levou a Alemanha Ocidental a enviar um diplomata para a embaixada de Londres - lá foram informados que os ingleses não poderiam fazer nada. Após o diplomata comparecer ao menor país do mundo e negociar diretamente com Bates, o alemão invasor foi liberto.

Arremesso de ovos
O país participa de diversas competições esportivas, apesar do seu número baixo de atletas (e de população). Entre algumas atividades realizadas por lá, é possível encontrar o futebol (veja abaixo), curling, minigolfe e arremesso de ovos.

Downloads ilegais
Em 2007, o famoso site de downloads de torrents, The Pirate Bay, tentou comprar a ilha depois de sofrer duras sanções na Suécia. O local tem poucas regulamentações acerca do uso da Internet e, por isso, foi usado por alguns como uma espécie de paraíso fiscal de dados, através da empresa HavenCo.


Infelizmente em 2012 o Príncipe Roy Bates veio a falecer por complicações causadas pelo Alzheimer. Já o seu filho, o príncipe Michael, ainda administra o país à distância, pois ele mora atualmente na Inglaterra. E se você tem interesse em ter o seu próprio país, Sealand está à venda.

Veja mais fotos e imagens do país 


Bandeira Oficial de Sealand

Moeda, Selo e Passaporte de Sealand

Campo de futebol em Sealand


General Britânico Roy Bates, antes de se tornar príncipe de Sealand


Príncipe Roy (1921-2012)


Príncipe Roy, Príncipe Michael, Princesa Lorraine e sua filha


Time de futebol de Sealand