Publicidade

Maior aeronave do mundo é destruída na Ucrânia após ataque russo

Segundo a fabricante, a restauração da aeronave custaria bilhões de dólares 

Foto tirada em 3 de agosto de 2020 do Antonov-225 Mriya Foto: Jack Guez/AFP/Arquivo

O maior avião de carga do mundo, o Antonov-225 Mriya, de fabricação ucraniana, foi queimado em um ataque russo ao aeroporto Hostomel, perto de Kiev, disse a fabricante de armas estatal ucraniana Ukroboronprom neste domingo (27). 

A informação foi confirmada pelo ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, nas redes sociais. A fabricante diz que restauração custaria mais de US$ 3 bilhões e levaria muito tempo.


A empresa havia dito que o An-225 ainda estava intacto há dois dias, em 25 de fevereiro de 2022, após o primeiro ataque russo. 

Apenas um modelo do AN-25 foi construído. O avião foi apelidado de  Mriya, "sonho", em português. E tinha um simbolismo enorme entre aeronautas e entusiastas da aviação.


Por onde pousasse, o avião arrastava grupos de entusiastas que se mobilizavam para registrar o pouso do gigante da aviação.