O que fazer em Itajaí (SC) - Foca na Folga

Pensando em tirar férias no sul do país? Então Itajaí é uma boa escolha para quem gosta do mar, bares e cultura popular, ideal para aqueles dias de chuva que não dá para ir à praia.

Localizada no litoral norte de Santa Catarina, na foz do Rio Itajaí, a cidade de mesmo nome, além de seu porto de carga, possui o único píer turístico para navios de cruzeiro da região Sul. Seu litoral tem belas praias cercadas por morros cobertos por Mata Atlântica.

Pontos turísticos

Morro da Cruz
Foto: TripAdvisor
Bem no centro da cidade, com cento e oitenta metros de altura, o Morro da Cruz oferece a mais bela vista panorâmica de Itajaí e das cidades vizinhas. De lá pode-se avistar o encontro do rio Itajaí-Açu com o mar, o movimento de grandes navios rumo ao porto, o estádio de futebol Hercílio Luz e toda a encosta litorânea. No topo, fica o restaurante Castelo Montemar, construído com pedras no estilo medieval.

Museu Histórico de Itajaí (Palácio Marcos Konder)
Com sua fundação datada de 1982, o Museu Histórico de Itajaí é um importante local de memória, com um acervo de duas mil peças, desde rádios antigos a uniformes militares. Localizado num antigo prédio na região central de Itajaí, patrimônio de 1925, cuja principal atração é sua arquitetura.
Horário de Atendimento: De segunda a sexta-feira das 08h às 18h, aos sábados, domingos e feriados, das 14h às 18h. A entrada é grátis.

Igreja Matriz do Santíssimo Sacramento
Inaugurada em 1955, foi construída em estilo neogótico e românico. É considerada um dos maiores monumentos artísticos e culturais da cidade.

Mercado Público Municipal (Centro de Cultura Popular)
Antiga reivindicação de comerciantes, agricultores e pescadores itajaienses, o Mercado começou a ser projetado em 1916, com sua arquitetura eclética e imponente, marcada pela influência dos imigrantes de origem germânica.
Inaugurado em 1º de janeiro de 1917, destinou-se à venda a varejo de gêneros secos e molhados.

+ Veja também: São Francisco do Sul: o equilíbrio entre o passado e o presente

Em 1936, após um incêndio, foi modificado externamente, demolindo-se os frontões e adaptando-se sua arquitetura ao art-déco, então em voga.
Hoje, espaço de tradições populares, lugar comum onde convergem as tradições e os festejos populares, principalmente os de origem açoriana.
Lugar ideal para encontrar o artesanato da região, além de petiscos e pratos típicos para serem saboreados ao ar livre, no pátio interno do mercado. Ótimo para happy hours e confraternização com os amigos no fim do dia. Realiza encontros culturais e shows musicais.
(Com texto de: Visite Itajaí).

Bico do Papagaio
É uma curiosa formação de pedra, que parece com a cabeça de um grande pássaro (com cerca de 5 metros de altura), esculpido acidentalmente em uma rocha durante as explosões da abertura da estrada que liga o centro de Itajaí e a praia de Cabeçudas.

Foto: Santa Catarina Turismo

Farol e Molhes da Barra
Com uma iluminação especial que permite a prática do surf noturno, o Farol e Molhes da Barra da Praia da Atalaia constitui-se em um dos principais pontos turísticos da cidade. O local oferece uma bela visão de entrada e saida de navios e barcos pesqueiros pelo rio Itajai-Açu e também propicio para a prática da pesca de arremesso.

Praias de Itajaí
Praia do Atalaia;
Praia do Jeremias;
Praia de Cabeçudas;
Canto do Morcego;
Praia Brava.
Conhecida nacionalmente, a Praia Brava fica bem próxima a Balneário Camboriú e reúne uma grande quantidade de pessoas na alta temporada, oferecendo uma completa infraestrutura de casas noturnas e restaurantes.

O que fazer nos dias de chuva em Itajaí?
Itajaí conta com muitos bares, restaurantes e a bibliotéca pública. Vale a pena conhecer cada um desses lugares.

O que fazer em Itajaí (SC)



Ajude a continuarmos publicando. Curtir a nossa página nos incentiva muito! basta clicar aqui ou no botão:


Pensando em tirar férias no sul do país? Então Itajaí é uma boa escolha para quem gosta do mar, bares e cultura popular, ideal para aqueles dias de chuva que não dá para ir à praia.

Localizada no litoral norte de Santa Catarina, na foz do Rio Itajaí, a cidade de mesmo nome, além de seu porto de carga, possui o único píer turístico para navios de cruzeiro da região Sul. Seu litoral tem belas praias cercadas por morros cobertos por Mata Atlântica.

Pontos turísticos

Morro da Cruz
Foto: TripAdvisor
Bem no centro da cidade, com cento e oitenta metros de altura, o Morro da Cruz oferece a mais bela vista panorâmica de Itajaí e das cidades vizinhas. De lá pode-se avistar o encontro do rio Itajaí-Açu com o mar, o movimento de grandes navios rumo ao porto, o estádio de futebol Hercílio Luz e toda a encosta litorânea. No topo, fica o restaurante Castelo Montemar, construído com pedras no estilo medieval.

Museu Histórico de Itajaí (Palácio Marcos Konder)
Com sua fundação datada de 1982, o Museu Histórico de Itajaí é um importante local de memória, com um acervo de duas mil peças, desde rádios antigos a uniformes militares. Localizado num antigo prédio na região central de Itajaí, patrimônio de 1925, cuja principal atração é sua arquitetura.
Horário de Atendimento: De segunda a sexta-feira das 08h às 18h, aos sábados, domingos e feriados, das 14h às 18h. A entrada é grátis.

Igreja Matriz do Santíssimo Sacramento
Inaugurada em 1955, foi construída em estilo neogótico e românico. É considerada um dos maiores monumentos artísticos e culturais da cidade.

Mercado Público Municipal (Centro de Cultura Popular)
Antiga reivindicação de comerciantes, agricultores e pescadores itajaienses, o Mercado começou a ser projetado em 1916, com sua arquitetura eclética e imponente, marcada pela influência dos imigrantes de origem germânica.
Inaugurado em 1º de janeiro de 1917, destinou-se à venda a varejo de gêneros secos e molhados.

+ Veja também: São Francisco do Sul: o equilíbrio entre o passado e o presente

Em 1936, após um incêndio, foi modificado externamente, demolindo-se os frontões e adaptando-se sua arquitetura ao art-déco, então em voga.
Hoje, espaço de tradições populares, lugar comum onde convergem as tradições e os festejos populares, principalmente os de origem açoriana.
Lugar ideal para encontrar o artesanato da região, além de petiscos e pratos típicos para serem saboreados ao ar livre, no pátio interno do mercado. Ótimo para happy hours e confraternização com os amigos no fim do dia. Realiza encontros culturais e shows musicais.
(Com texto de: Visite Itajaí).

Bico do Papagaio
É uma curiosa formação de pedra, que parece com a cabeça de um grande pássaro (com cerca de 5 metros de altura), esculpido acidentalmente em uma rocha durante as explosões da abertura da estrada que liga o centro de Itajaí e a praia de Cabeçudas.

Foto: Santa Catarina Turismo

Farol e Molhes da Barra
Com uma iluminação especial que permite a prática do surf noturno, o Farol e Molhes da Barra da Praia da Atalaia constitui-se em um dos principais pontos turísticos da cidade. O local oferece uma bela visão de entrada e saida de navios e barcos pesqueiros pelo rio Itajai-Açu e também propicio para a prática da pesca de arremesso.

Praias de Itajaí
Praia do Atalaia;
Praia do Jeremias;
Praia de Cabeçudas;
Canto do Morcego;
Praia Brava.
Conhecida nacionalmente, a Praia Brava fica bem próxima a Balneário Camboriú e reúne uma grande quantidade de pessoas na alta temporada, oferecendo uma completa infraestrutura de casas noturnas e restaurantes.

O que fazer nos dias de chuva em Itajaí?
Itajaí conta com muitos bares, restaurantes e a bibliotéca pública. Vale a pena conhecer cada um desses lugares.

0 Comentários