O frio está aí e nada melhor que um quentão gostoso para se aquecer - Foca na Folga

O quentão é uma bebida tradicionalmente encontrada em festas juninas, que combina com pinhão e pé de moleque, muito utilizada para aquecer os dias frios comuns nestas épocas. É também muito apreciado por turistas que buscam o clima gelado das cidades com temperaturas mais amenas.

Não existe um consenso sobre a origem do quentão. Uns dizem que ele foi criado no interior de Minas Gerais quando as pessoas resolveram dar uma melhorada na cachaça com algumas especiarias; já outros juram que a bebida teve a sua origem ligada ao ciclo da cana de açúcar, nos primeiros anos de colonização.


Por causa da imigração europeia no século XX, o vinho quente também ficou conhecido como quentão, principalmente na região sul do Brasil. No entanto, o quentão tradicional era feito com cachaça, açúcar e especiarias trazidas da Ásia pelos portugueses no período de colonização.

+Veja também: 5 motivos para morar no Sul do Brasil

Independentemente de onde ele surgiu, ou se você prefere o tradicional ou o de vinho, os dois são excelentes para quem busca se aquecer nas noites frias, seja em casa, em um acampamento ou em qualquer lugar que você esteja. E, pensando nisso, hoje vamos trazer duas receitas de quentão que vão te deixar com vontade de fazer ainda hoje: a tradicional e a com vinho!


Receita 1 - tradicional:

Ingredientes:
 
1 pedaço de gengibre pequeno
1 1/2 xícara (chá) de açúcar
Canela em pau a gosto
4 cravos
2 limões com casca cortado em 4 fatias (em cruz)
1 litro de pinga
2 litros de caldo de cana (fresco) 


Como fazer:

Raspe e pique o gengibre em pedaços pequenos, coloque numa panela grande,
junte 2 litros de água, o açúcar, a canela, os cravos e o limão e deixe ferver por 15 minutos em fogo alto.
 

Retire e coe a mistura.
 

Volte essa calda para a panela junto com a canela e despeje a pinga e o caldo de cana e deixe ferver por mais 5 minutos.  

Sirva em seguida, mantendo o quentão sempre em local aquecido e em recipiente tampado.

Se preferir um quentão mais fraco, reduza a quantidade de pinga.


+Veja também: Aprenda a fazer a melhor limonada do mundo


Receita 2 - com vinho: 

Ingredientes:

2 litros de vinho tinto suave
1 copo de água 200 ml
Meio copo de cachaça
1 1/2 copo de açúcar
2 pauzinhos de canela

12 cravos (ou a gosto)
8 rodelinhas de gengibre (ou a gosto)  


Como fazer: 

Misture todos os ingredientes ao fogo em uma panela.
Depois que levantar fervura, deixe por mais 10 minutos.
Está pronto é só servir.
Tomar a bebida quente.



Qual dos dois você já conhecia? conte pra gente nos comentários. Não se esqueça também de curtir a nossa página clicando aqui!



O frio está aí e nada melhor que um quentão gostoso para se aquecer



Ajude a continuarmos publicando. Curtir a nossa página nos incentiva muito! basta clicar aqui ou no botão:


O quentão é uma bebida tradicionalmente encontrada em festas juninas, que combina com pinhão e pé de moleque, muito utilizada para aquecer os dias frios comuns nestas épocas. É também muito apreciado por turistas que buscam o clima gelado das cidades com temperaturas mais amenas.

Não existe um consenso sobre a origem do quentão. Uns dizem que ele foi criado no interior de Minas Gerais quando as pessoas resolveram dar uma melhorada na cachaça com algumas especiarias; já outros juram que a bebida teve a sua origem ligada ao ciclo da cana de açúcar, nos primeiros anos de colonização.


Por causa da imigração europeia no século XX, o vinho quente também ficou conhecido como quentão, principalmente na região sul do Brasil. No entanto, o quentão tradicional era feito com cachaça, açúcar e especiarias trazidas da Ásia pelos portugueses no período de colonização.

+Veja também: 5 motivos para morar no Sul do Brasil

Independentemente de onde ele surgiu, ou se você prefere o tradicional ou o de vinho, os dois são excelentes para quem busca se aquecer nas noites frias, seja em casa, em um acampamento ou em qualquer lugar que você esteja. E, pensando nisso, hoje vamos trazer duas receitas de quentão que vão te deixar com vontade de fazer ainda hoje: a tradicional e a com vinho!


Receita 1 - tradicional:

Ingredientes:
 
1 pedaço de gengibre pequeno
1 1/2 xícara (chá) de açúcar
Canela em pau a gosto
4 cravos
2 limões com casca cortado em 4 fatias (em cruz)
1 litro de pinga
2 litros de caldo de cana (fresco) 


Como fazer:

Raspe e pique o gengibre em pedaços pequenos, coloque numa panela grande,
junte 2 litros de água, o açúcar, a canela, os cravos e o limão e deixe ferver por 15 minutos em fogo alto.
 

Retire e coe a mistura.
 

Volte essa calda para a panela junto com a canela e despeje a pinga e o caldo de cana e deixe ferver por mais 5 minutos.  

Sirva em seguida, mantendo o quentão sempre em local aquecido e em recipiente tampado.

Se preferir um quentão mais fraco, reduza a quantidade de pinga.


+Veja também: Aprenda a fazer a melhor limonada do mundo


Receita 2 - com vinho: 

Ingredientes:

2 litros de vinho tinto suave
1 copo de água 200 ml
Meio copo de cachaça
1 1/2 copo de açúcar
2 pauzinhos de canela

12 cravos (ou a gosto)
8 rodelinhas de gengibre (ou a gosto)  


Como fazer: 

Misture todos os ingredientes ao fogo em uma panela.
Depois que levantar fervura, deixe por mais 10 minutos.
Está pronto é só servir.
Tomar a bebida quente.



Qual dos dois você já conhecia? conte pra gente nos comentários. Não se esqueça também de curtir a nossa página clicando aqui!



0 Comentários