Prudentópolis (PR) tem mais de cem cachoeiras e forte cultura ucraniana - Foca na Folga

Nossa folga hoje é em Prudentópolis, no interior do Paraná, a cidade que tem como marca registrada as cachoeiras gigantes e também a cultura ucraniana muito presente até os dias de hoje.

Ao chegar em Prudentópolis – ou ‘Prudi’ como é carinhosamente conhecida na região – você vai se sentir na Ucrânia. A arquitetura deixa evidente que a cidade é uma das colônias ucranianas mais antigas do Brasil, onde os primeiros imigrantes chegaram por lá há cento e vinte anos, na época do Brasil Colônia.

Atualmente os moradores continuam com as tradições, tendo destaque o grupo folclórico Vesselka, fundado há mais de sessenta anos e que tem como objetivo através de cursos de danças, cantos, teatros, musicais e tradições folclóricas, o estudo, promoção, realização e divulgação, bem como as demais manifestações artísticas e culturais ucranianas e brasileiras, como contribuição para o desenvolvimento artístico e cultural.

Grupo Vesselka, tradicional de Prudentópolis. Foto: Facebook

Já no Museu do Milênio é possível encontrar relíquias, sendo roupas e utensílios típicos ucranianos que contam a história de quando o povo saiu do seu país de origem deixando tudo para trás para tentar uma nova vida aqui no Brasil

As construções de Prudentópolis ainda preservam o estilo ucraniano.

A religião ainda é muito presente em Prudentópolis, onde existe mais de cem templos pertencentes à igreja Greco-Católica Ucraniana, de rito litúrgico bizantino. Por lá as missas ainda são em ucraniano, bem diferente do que estamos acostumados a ver.

A culinária é outro espetáculo regional, que consiste em receitas como o famoso Pierogi (um prato polonês e ucraniano feito com massa caseira recheada com batatas e requeijão [podendo ser outros ingredientes como repolho ou feijão] e que é cozido e servido com molho), Borsh (sopa de vegetais com beterraba como protagonista), bem como linguiças caseiras e carne de porco assada.

Pierogi é um dos pratos tradicionais do interior do Paraná.
Para os aventureiros e amantes da Natureza, Prudentópolis é um paraíso, uma vez que a cidade é conhecida como a Terra das Cachoeiras, contando com mais de cem, muitas delas gigantes, como o Salto São Francisco, que tem quase duzentos metros de altura.

+ Veja mais: Conheça o Salto São Francisco, a maior cachoeira do Sul do Brasil

Também é possível encontrar, a partir do Centro de Informações Turísticas, uma tirolesa com cento e setenta metros de comprimento que passa pelo meio da mata em uma reserva particular, especial para aqueles que gostam de tomar um banho de água gelada no final.
O rapel em cima do cânion Barra Bonita tem setenta metros de altura, desafiando até mesmo os mais corajosos.

O Salto Rio Branco é uma das mais de cem quedas d'água da região.

Para se chegar em Prudi a partir de Curitiba, de carro, você deve ir pela BR-277. A cidade está entre Ponta Grossa e Guarapuava, a duzentos quilômetros da capital. De ônibus você pode ir com a Viação Princesa dos Campos ou com a J. Araújo.

Mapa: Google/reprodução

Outras informações:
DDD: 42
Centro de Informações Turísticas: (42) 3908-1105
Ingresso Museu : R$ 5

Ao conhecer esta bela cidade, entendemos o motivo dos ucrânianos nunca mais terem ido embora de lá! 



Prudentópolis (PR) tem mais de cem cachoeiras e forte cultura ucraniana



Nossa folga hoje é em Prudentópolis, no interior do Paraná, a cidade que tem como marca registrada as cachoeiras gigantes e também a cultura ucraniana muito presente até os dias de hoje.

Ao chegar em Prudentópolis – ou ‘Prudi’ como é carinhosamente conhecida na região – você vai se sentir na Ucrânia. A arquitetura deixa evidente que a cidade é uma das colônias ucranianas mais antigas do Brasil, onde os primeiros imigrantes chegaram por lá há cento e vinte anos, na época do Brasil Colônia.

Atualmente os moradores continuam com as tradições, tendo destaque o grupo folclórico Vesselka, fundado há mais de sessenta anos e que tem como objetivo através de cursos de danças, cantos, teatros, musicais e tradições folclóricas, o estudo, promoção, realização e divulgação, bem como as demais manifestações artísticas e culturais ucranianas e brasileiras, como contribuição para o desenvolvimento artístico e cultural.

Grupo Vesselka, tradicional de Prudentópolis. Foto: Facebook

Já no Museu do Milênio é possível encontrar relíquias, sendo roupas e utensílios típicos ucranianos que contam a história de quando o povo saiu do seu país de origem deixando tudo para trás para tentar uma nova vida aqui no Brasil

As construções de Prudentópolis ainda preservam o estilo ucraniano.

A religião ainda é muito presente em Prudentópolis, onde existe mais de cem templos pertencentes à igreja Greco-Católica Ucraniana, de rito litúrgico bizantino. Por lá as missas ainda são em ucraniano, bem diferente do que estamos acostumados a ver.

A culinária é outro espetáculo regional, que consiste em receitas como o famoso Pierogi (um prato polonês e ucraniano feito com massa caseira recheada com batatas e requeijão [podendo ser outros ingredientes como repolho ou feijão] e que é cozido e servido com molho), Borsh (sopa de vegetais com beterraba como protagonista), bem como linguiças caseiras e carne de porco assada.

Pierogi é um dos pratos tradicionais do interior do Paraná.
Para os aventureiros e amantes da Natureza, Prudentópolis é um paraíso, uma vez que a cidade é conhecida como a Terra das Cachoeiras, contando com mais de cem, muitas delas gigantes, como o Salto São Francisco, que tem quase duzentos metros de altura.

+ Veja mais: Conheça o Salto São Francisco, a maior cachoeira do Sul do Brasil

Também é possível encontrar, a partir do Centro de Informações Turísticas, uma tirolesa com cento e setenta metros de comprimento que passa pelo meio da mata em uma reserva particular, especial para aqueles que gostam de tomar um banho de água gelada no final.
O rapel em cima do cânion Barra Bonita tem setenta metros de altura, desafiando até mesmo os mais corajosos.

O Salto Rio Branco é uma das mais de cem quedas d'água da região.

Para se chegar em Prudi a partir de Curitiba, de carro, você deve ir pela BR-277. A cidade está entre Ponta Grossa e Guarapuava, a duzentos quilômetros da capital. De ônibus você pode ir com a Viação Princesa dos Campos ou com a J. Araújo.

Mapa: Google/reprodução

Outras informações:
DDD: 42
Centro de Informações Turísticas: (42) 3908-1105
Ingresso Museu : R$ 5

Ao conhecer esta bela cidade, entendemos o motivo dos ucrânianos nunca mais terem ido embora de lá! 



0 Comentários