Conheça os destinos incríveis que podem sumir do planeta #02 - Foca na Folga


Com tantas atrações turísticas em nosso planeta, às vezes não nos damos conta de que muitos deles estão ameaçados, seja pela ação do homem ou por consequências naturais.
Vários são os exemplos de pontos turísticos que já sumiram do mapa para dar lugar a outras coisas ou que foram absorvidas pela natureza.

Se você quiser ver a parte um dos destinos que podem sumir, clique aqui.

Grande Barreira de Corais, na Austrália
Considerada uma das maravilhas naturais mais importantes do mundo, tanto para quem vê, tanto para a importância da Terra, ela está ameaçada de sumir do mapa. Localizada na costa oriental da Austrália, a Grande Barreira de Corais possui 2.300 quilômetros de extensão e o aumento das temperaturas já estão afetando a formação que pode simplesmente desaparecer.


A Grande Muralha da China
Considerada o maior ponto turístico da China, a Grande Muralha levou mais de dois mil anos para ser construída, sendo uma das Sete Maravilhas do Mundo.
Devido à sua enorme extensão, a ação natural de ventos, chuvas e erosões causada pelos mais diversos fatores, o vandalismo e o desgaste pelo numero de visitantes que o local recebe, vem ameaçando pouco a pouco a existência do lugar.


Madagascar
Localizado em uma ilha próximo ao continente africano, o local abriga diversos animais e plantas que não existem em outros lugares, fazendo de lá uma terra única. Um exemplo de algo especial que existe por lá são os Baobás, árvores com uma beleza singular, símbolo da ilha, mas que estão ameaçadas pela extração ilegal de madeiras que assombra Madagascar freneticamente. A caça de animais também é um problema grave por lá.
Alpes, Europa
Os Alpes europeus são uma serie de montanhas que são consideradas relativamente baixas se comparadas com outras cordilheiras ao redor do mundo. O que está em jogo por lá não são as montanhas em si, mas o gelo que as cobre, pois, devido a baixa altitude, elas esquentam mais rapidamente onde a neve que as cobre — e que é a principal atração do lugar — pode sumir se as temperaturas aumentarem mais.


+Veja também: Glacier Express, o mais famoso trem suíço

Seychelles, Oceano Índico
Seychelles é um país muito pequeno no Oceano Índico formado por 115 ilhas, e, mais uma vez, o aquecimento global vem afetando a vida em algum lugar do mundo; e por lá não é diferente. Corais estão sumindo a cada dia e o nível das águas vêm aumentando, causando a erosão das praias paradisíacas e atraindo menos turistas, podendo tornar o local sem vida em um futuro não tão distante.


Qual a sua opinião sobre este tema? Conta para gente nos comentários! Para ver a parte um desta publicação, clique aqui.

Conheça os destinos incríveis que podem sumir do planeta #02




Com tantas atrações turísticas em nosso planeta, às vezes não nos damos conta de que muitos deles estão ameaçados, seja pela ação do homem ou por consequências naturais.
Vários são os exemplos de pontos turísticos que já sumiram do mapa para dar lugar a outras coisas ou que foram absorvidas pela natureza.

Se você quiser ver a parte um dos destinos que podem sumir, clique aqui.

Grande Barreira de Corais, na Austrália
Considerada uma das maravilhas naturais mais importantes do mundo, tanto para quem vê, tanto para a importância da Terra, ela está ameaçada de sumir do mapa. Localizada na costa oriental da Austrália, a Grande Barreira de Corais possui 2.300 quilômetros de extensão e o aumento das temperaturas já estão afetando a formação que pode simplesmente desaparecer.


A Grande Muralha da China
Considerada o maior ponto turístico da China, a Grande Muralha levou mais de dois mil anos para ser construída, sendo uma das Sete Maravilhas do Mundo.
Devido à sua enorme extensão, a ação natural de ventos, chuvas e erosões causada pelos mais diversos fatores, o vandalismo e o desgaste pelo numero de visitantes que o local recebe, vem ameaçando pouco a pouco a existência do lugar.


Madagascar
Localizado em uma ilha próximo ao continente africano, o local abriga diversos animais e plantas que não existem em outros lugares, fazendo de lá uma terra única. Um exemplo de algo especial que existe por lá são os Baobás, árvores com uma beleza singular, símbolo da ilha, mas que estão ameaçadas pela extração ilegal de madeiras que assombra Madagascar freneticamente. A caça de animais também é um problema grave por lá.
Alpes, Europa
Os Alpes europeus são uma serie de montanhas que são consideradas relativamente baixas se comparadas com outras cordilheiras ao redor do mundo. O que está em jogo por lá não são as montanhas em si, mas o gelo que as cobre, pois, devido a baixa altitude, elas esquentam mais rapidamente onde a neve que as cobre — e que é a principal atração do lugar — pode sumir se as temperaturas aumentarem mais.


+Veja também: Glacier Express, o mais famoso trem suíço

Seychelles, Oceano Índico
Seychelles é um país muito pequeno no Oceano Índico formado por 115 ilhas, e, mais uma vez, o aquecimento global vem afetando a vida em algum lugar do mundo; e por lá não é diferente. Corais estão sumindo a cada dia e o nível das águas vêm aumentando, causando a erosão das praias paradisíacas e atraindo menos turistas, podendo tornar o local sem vida em um futuro não tão distante.


Qual a sua opinião sobre este tema? Conta para gente nos comentários! Para ver a parte um desta publicação, clique aqui.
0 Comentários